José Rodrigues dos Santos, um experiente jornalista do canal público de televisão, a RTP1, lançou uma piada durante o telejornal de ontem, 7 de Outubro, que não agradou aos espectadores. Em causa está uma notícia sobre a nova composição do parlamento, resultante das eleições do passado domingo, 4 de Outubro. O visado foi o deputado eleito pelo círculo do Porto pelo Partido Socialista, o cientista Alexandre Quintanilha. Segundo os comentários que inundaram as redes sociais, o jornalista poderá ter tido uma atitude homofóbica em direto.

Durante a apresentação do telejornal Rodrigues dos Santos disse que “o deputado mais velho tem 70 anos e foi eleito, ou eleita, pelo PS”, referindo-se assim a Alexandre Quintanilha.

Publicidade
Publicidade

A expressão não caiu bem aos seguidores do telejornal e originou de imediato reações de insulto para com o pivot do canal público. Para compreender melhor a suposta “piada” de Rodrigues dos Santos é necessário ter conhecimento de que o cientista e agora deputado é assumidamente homossexual e mantém uma relação desde 1978 com o jornalista e professor norte-americano Richard Zimler, que se naturalizou em Portugal em 2002.

As reacções não se fizeram esperar. Alguns pedem a demissão imediata de uma das caras mais conhecidas da RTP1, enquanto outros comentam dizendo que foi um momento de homofobia. Entre os comentários que inundaram as redes sociais nas últimas horas podem ainda ler-se outros como “eleito ou eleita, imbecil ou imbecil”, ou ainda “um apresentador no canal público de TV a mandar uma piada homofóbica em prime time não é suficiente para um processo disciplinar”, todos eles transcritos pelo Jornal de Notícias.

Publicidade

Por outro lado há aqueles que acreditam que o comentário terá sido feito de forma espontânea e sem qualquer maldade.

Esta não é a primeira vez que José Rodrigues dos Santos é criticado pelos espetadores. Recorde-se que no ano passado o pivot foi duramente comentado pela forma como conduziu uma entrevista ao ex-primeiro-ministro José Sócrates e, agora mais recentemente, tem dado que falar pela forma como conduziu as eleições gregas, chegando mesmo a originar comentários de que não estaria a cumprir a missão de serviço público.

Actualização: a RTP emitiu um comunicado, através do seu director de informação Paulo Dentinho, onde são apresentadas desculpas a Alexandre Quintanilha e um esclarecimento para o sucedido: o facto de a peça se referir também a uma deputada, pensionista eleita nas listas do Bloco de Esquerda, que Rodrigues dos Santos acreditaria ser a mais velha do hemiciclo - tendo, contudo, 68 anos, e sendo portanto mais nova que o prof. Quintanilha. #Eleições #Directo