Um #Polícia não é apenas uma farda e um distintivo.Ele é muito mais que isso... Ele também é um ser humano, com medos, com receios, com emoções, com sentimentos; também chora, também sofre. Mas ele aprendeu a lidar com isso e a não permitir que as emoções lhe toldem o raciocínio e a capacidade de agir e de decisão, para não colocar ninguém em risco.

Sim, porque os polícias são seres humanos como nós, não são as máquinas que muita gente pensa. Muitas vezes o ar sério que apresentam, o ar de poucos amigos que revelam, e o rosto sisudo que ostentam, não é mais que uma "máscara" que adoptaram, para se protegerem e defenderem das suas próprias emoções. Eles são humanos, não são "robots", não são formatados, não são discos rígidos ilimitados e nem têm memória RAM.

Publicidade
Publicidade

Eles são de carne, mas realmente muitas vezes são obrigados a agir como se fossem de ferro. São ensinados, treinados e preparados para defender e proteger bens e pessoas, mesmo que para isso, tenham que dar a própria vida, se preciso for! E precisam decidir em segundos o que muita gente precisaria de horas para o fazer !

Saiem de casa sem saber se voltam a entrar. Despedem-se das pessoas que gostam, sem saberem se o fazem pela última vez. Têm um horário para iniciar o turno, mas não o têm para sair. Enfrentam a morte de frente todos os dias. Dão o peito às balas para salvar uma vida. Muitas vezes, no turno da noite, fazem detenções, e automaticamente o turno é prolongado pela manhã fora.

Eles perdem horas e dias junto dos familiares e amigos para fazerem gratificados. Até quando estão de folga, não deixam de ser polícias, e sempre que alguém está em perigo, eles até por instinto actuam!

Eles lidam com o pior da nossa sociedade, com todo o tipo de criminosos que possamos imaginar.

Publicidade

Eles andam por locais que nem sonhamos. E muitas vezes não têm o reconhecimento social que merecem. Mas mesmo assim, eles são um pouco como Deus...muitas vezes só são lembrados quando são necessários, e mesmo assim eles vão, mesmo sem saberem se voltam.