Segundo os "experts" do tema, o termo "#Justiça" não é mais do que "um conceito abstracto que se refere a um estado ideal de interacção social em que há um equilíbrio razoável e imparcial entre os interesses, riquezas e oportunidades entre as pessoas envolvidas em determinado grupo social." Mas então porque razão os tribunais permitem que certos e determinados "grupos sociais" sejam mais valorizados que a própria justiça? Será que os tribunais têm medo, ou temem retaliações ou vinganças?? Para que haja uma justiça honesta, transparente e justa, nada nem ninguém deve interferir na sua ação.

Para que justiça se faça, ela deve ser feita de olhos abertos e não de olhos vendados. Tem que estar sempre do lado dos inocentes, e nunca dos culpados. Deve estar do lado daqueles que fazem cumprir a ordem e a lei, e não dos que vivem à margem da lei e são desordeiros.

Publicidade
Publicidade

Tem obrigação de estar do lado daqueles que lutam contra o crime, e não dos criminosos. Deve estar do lado daqueles que dão a própria vida pelos cidadãos se preciso for, e não daqueles que cometem crimes contra esses mesmos cidadãos! A justiça não pode amarrar as mãos ás forças de segurança, e proteger os criminosos.

Não pode condenar polícias que andam nas ruas a combater o crime...e "apoiar" os criminosos, deixando-os impunes e sem punições!

A justiça, ao libertar um criminoso mesmo antes de um polícia acabar as burocracias de uma detenção, está a apoiar e a dar aval à sua ação criminosa! Ao não sentenciar uma pena a um foragido de uma cadeia, está a amparar um criminoso! Ao indemnizar um pai que leva um filho para um assalto e uma perseguição policial, está a dar todo o apoio a um criminoso.

Publicidade

Ao não condenar uma pessoa que tenta atropelar um militar da GNR, quando o mesmo estava em serviço e tinha ordenado a paragem de quem o tentou atropelar, está a proteger um criminoso!!Quando não condena uma pessoa que em tribunal se faz passar por outra pessoa, está mais uma vez a apoiar um criminoso!!

Onde está afinal a justiça a que todos nós temos direito? A justiça correcta, justa, imparcial, e a que não tem medo de nada e de ninguém e que que condena realmente os verdadeiros criminosos sem medo? Essa justiça, continua cega e a não querer ver! O valor da vida é igual para todos...assim também deveria ser a justiça em Portugal! Mas não é...

Enquanto a nossa justiça continuar cega, a lei e a ordem continuarem de mãos atadas, as forças de segurança continuarão amarradas e os criminosos poderão continuar a sua senda de crimes, até que os mesmos fiquem incontroláveis. Ao sentirem-se apoiados pelos tribunais, ao não serem punidos, o sentido da impunidade ganha espaço, ganham mais força e sentem-se cada vez mais à vontade praticarem crimes de toda a espécie!!

A justiça tem é que apoiar quem combate o crime e a criminalidade e não quem comete crimes.

Publicidade

E na verdade, espero que façam algo enquanto é tempo, porque senão quando se aperceberem, será tarde demais para fazerem o que quer que seja!!

Para bem de Portugal e dos portugueses,esperemos que a justiça retire a venda , abra os olhos e veja com olhos de ver, senão todos corremos o sério risco de tornar verdadeira a expressão: o crime compensa!!! Se é que já não compensa mesmo...