Sabemos que tudo está ligado, de modo a que todos os detalhes se influenciem de maneira a que seja possível de facto obter, criar, sentir e dar azo a algo grandioso. Essa é a força de cada detalhe existente e transcendente no universo, como o amor, como a liberdade de amar …

As emoções e sentimentos que alcançamos, que sentimos e proporcionamos são, na verdade, um conjunto absoluto, onde cada detalhe, cada faísca e cada vibração é gerada com tal impacto que a sua influência se propaga pelo mundo, alterando meticulosamente toda a vida, moldando incontrolavelmente toda a existência, através desses mesmos detalhes, que não são nada mais, nada menos, do que as nossas intenções, atitudes, emoções e sentimentos, que reflectimos, absorvemos e emitimos.

Publicidade
Publicidade

 

Tal como uma pequena bola de neve que no começo de uma descida íngreme parece insignificante e se torna monstruosa, impossível de ignorar no seu impacto, o mesmo acontece com estes pequenos detalhes.

Quando amamos estamos a ser livres, conquistando cada pedaço do nosso coração e revitalizando a fonte da vida, que nos mantém vivos, apaixonados pela existência, pelo momento. Existem também outras fontes, ou seja, outros seres, e daí rapidamente nos podemos aperceber que somos felizes quando partilhamos a água, a poção mágica do conhecimento que dependendo de nós se torna, ou não, um meio de aprendizagem, um meio de colecionar experiências, de ascender com base na partilha.

Ou seja, quando falamos em liberdade não podemos ignorar o amor, pois onde há amor, há liberdade. E esse é o verdadeiro sentido da liberdade: ser, amar, partilhar.

Publicidade

Ao longo da nossa vida, essas fontes ou nos servem e deliciam os nossos sentidos ou nos fecham a torneira, literalmente, e impedem-nos de beber, cortando a água que nos tiraria a sede. No entanto, com ou sem torneira aberta, é uma maneira de sermos testados, de passarmos por um processo de esclarecimento que nos permitirá entender o que realmente queremos para nós, nas nossas vidas, estimulando-nos espiritual e fisicamente. Isto acontece quando estamos disposto a aprender. 

Sendo assim, liberdade… a arte da aprendizagem. Onde decidimos, tocamos, erramos, exploramos, tornamo-nos e até mesmo reivindicamos … 

Liberdade é também um conjunto de possibilidades, onde por iniciativa própria, alcançamos e imaginamos sem fronteiras, por curiosidade, por paixão, por amor à loucura que emerge do nosso profundo coração. #Vida Saudável