Depois da saída de Renato Sanches para o Bayern de Munique, o #Benfica tem procurado arranjar um jogador para o substituir, mas a tarefa não é nada fácil. Vejamos porquê:

O que Renato tinha de especial:

  • Poder de explosão para o ataque
  • Força para confrontos individuais
  • Boa noção de jogo
  • Grande capacidade de resistência
  • Bom remate

O que faltava a Renato:

  • Moderar a sua força nos confrontos individuais
  • Soltar mais cedo a bola
  • Perfeição nos passes

Dentro do plantel, o Benfica já pode contar com alguns substitutos para o seu lugar, como é o caso de Anderson Talisca, João Teixeira e André Horta e, ao que tudo indica, o clube ainda irá procurar no mercado um jogador mais ao estilo de Renato.

Publicidade
Publicidade

Relativamente aos três jogadores que o Benfica já possui, o que tem maior vantagem é André Horta, visto que Anderson Talisca poderá estar de saída para Inglaterra e João Teixeira ainda é pouco experiente.

Quanto a Nico Gaitán, a situação é diferente visto que o elevado número de sucessores no clube já impede o Benfica de ir ao mercado.

O que Gaitán tinha de especial:

  • Capacidade técnica acima da média
  • Cruzamentos perfeitos
  • Transpirava magia em todos os jogos
  • Ajuda defensiva

Possíveis sucessores de Gaitán:

  • Carrillo
  • Carcela
  • Cervi
  • Gonçalo Guedes

Destes quatro jogadores, o que leva algum avanço é o argentino Cervi, visto que é um jogador muito parecido com Nico Gaitán. Carrillo também é uma possível escolha, visto que já é experiente na Liga Portuguesa e é um jogador muito rápido e com uma técnica acima da média.

Publicidade

Quanto a Carcela, deverá ser o suplente dos outros dois jogadores, enquanto que Gonçalo Guedes ficará como suplente do extremo direito ou será mesmo emprestado a outro clube para ganhar mais alguma experiência.

Relativamente à equipa do Benfica, penso que continua com um aspeto positivo, que é manter a base do ano passado e ainda a contratação de, na minha modesta opinião, grandes reforços para completar uma equipa que irá dar muito trabalho a Rui Vitória no que diz respeito às suas escolhas do onze principal do Benfica para a época de 2016-2017. #Futebol #Primeira Liga Portuguesa