No último domingo (dia 2), SL Benfica e CD Feirense encontraram-se em jogo a contar para a sétima jornada da Liga NOS de futebol, com a possibilidade de os encarnados ficarem a três pontos de distância do Sporting Clube de Portugal, após empate em Guimarães. Um estádio cheio, em "ponto de rebuçado" e prestes a explodir. Um dia normal como tantos outros, mas especial para Luís Aurélio, jogador do Feirense desde esta época (anteriormente jogara no Nacional da Madeira, Moreirense e Tondela), defrontando a sua equipa do coração desde sempre; deve ter sentido um arrepio na espinha, quando pisou o relvado da Luz.

O jogo começou morno e bem disputado, lutando-se por cada metro do campo. As equipas estavam encaixadas uma na outra, com o natural aumento de posse de bola por parte do #Benfica, visto que era necessário dar um presente a todos os adeptos que se deslocaram ao estádio, ainda para mais depois de um resultado comprometedor do rival mais directo.

Publicidade
Publicidade

Só que o problema é que o Benfica não jogava sozinho. O Feirense também necessitava de pontos para continuar a luta pela manutenção. A coisa não estava fácil para os homens da casa, atá que Luís Aurélio se esqueceu que estava a jogar pelo Feirense e fez um super golo (que faria corar muitos pontas de lança), desbloqueando o jogo e tornando-o mais fácil para a equipa do Benfica.

A dúvida que fica no ar é: Luís Aurélio fez de propósito? Foi um erro do jogador?

Numa altura em que se fala de jogos de bastidores e "jogo da mala" (com acusações mútuas entre Sporting e Benfica), as suspeitas que envolvem o nome do Benfica na operação "Jogo Duplo ", na operação " Porta 18 ", no caso dos " vouchers " (alegadas ofertas a árbitros), será que os jogadores se veem envolvidos nestas golpadas? As dúvidas continuam no ar e lances como estes não ajudam a credibilizar a competição.

Publicidade

Brevemente, serão relembradas e divulgadas várias situações envolvendo o SL Benfica que, no mínimo, mereciam investigação.

Recorde-se que, em Maio, a PJ deteve 4 jogadores de um clube lisboeta da II Liga no âmbito de uma investigação sobre manipulação de resultados desportivos.  #Futebol