Realizado por Antoine Fuqua ("Dia de Treino" e "The Equalizer - Sem Misericórdia"), "Os Sete Magníficos" é um remake do clássico de 1960, que por sua vez é um remake de "Os Sete Samurais" de 1954, realizado por Akira Kurosawa. A sua premissa baseia-se numa pequena vila que é constantemente ameaçada por um homem e o seu exército, até que um grupo de sete homens, cada um com uma especialidade diferente, se reúne para combater este inimigo.

Sendo uma história intemporal, "Os Sete Magníficos" chegou numa versão mais moderna, com ação e humor garantidos desde o início até ao fim, e com um elenco de vários atores já conhecidos.

Publicidade
Publicidade

Denzel Washington interpreta Sam Chisolm, um caçador de recompensas e líder dos sete, Chris Pratt é Josh Farraday, um divertido apostador que adora enganar os outros com os seus truques; Ethan Hawke dá vida a Goodnight Robicheaux, um amigo de Sam Chisolm que gosta de ajudar as pessoas, mas que tem um passado conturbado que o assombra. Conta ainda com Vincent D'Onofrio no papel de Jack Horne, um "homem da montanha" e perseguidor, contudo muito amigável.

A estes juntam-se ainda Byung-hun Lee como Billy Rocks, um asiático perito em facas, Manuel Garcia-Rulfo como Vasquez, um mexicano fora-da-lei e Martin Sensmeier como Red Harvest, um guerreiro índio. No papel do vilão Bartholomew Bogue está Peter Sarsgaard e o filme conta ainda com a participação da atriz Haley Bennet, no papel de uma mulher chamada Emma Cullen, que contrata os sete.

Publicidade

Como fã deste género de #Filmes, devo referir que este remake capta bem aqueles momentos que os antigos filmes western tinham sempre presentes, como personagens a trocarem olhares durante um longo período de tempo sem dizerem uma única palavra e tiroteios.

No entanto, ao contrário de muitos outros westerns, este não contém demasiado drama e penso que não é isso que se tenta aqui. Este filme claramente é suposto ser algo com muita diversão e, claro, muita ação. Para aquilo a que se propôs, foi bem concebido. Todos os atores desempenham bem os seus respetivos papéis. Gostaria de destacar Chris Pratt e o Vincent D'Onofrio, que na minha opinião, foram duas surpresas.

Em suma, este é um western que, embora conte de novo uma história clássica, teve como objetivo criar #Entretenimento e diversão, com um fantástico elenco e, nesse aspeto, conseguiu. #Cinema