Dos três fugitivos do Estabelecimento Prisional de Caxias, apenas um continua ainda em fuga. Chama-se #Joaquim Bitton Matos, tem dupla nacionalidade (luso-israelita) e 30 anos de idade. A fuga aconteceu na madrugada do passado 19 de fevereiro deste ano. Os fugitivos já recapturados, detectados pelas autoridades em Espanha, eram de nacionalidade chilena e chamam-se Roberto Ulloa e Jorge Naranjo. Os três reclusos encontravam-se detidos em prisão preventiva.

Mas Joaquim Bitton Matos, o recluso com o número 348, conforme ele próprio já revelou nas #Redes Sociais, além de continuar em fuga, tem andado a gozar com as autoridades portuguesas.

Publicidade
Publicidade

O luso-israelita terá afirmado ao jornal Expresso, no passado fim de semana, que terá pago a guardas prisionais para conseguir escapar. Além disso, segundo a notícia avançada pelo Correio da Manhã, ele revelou mesmo que teria pago 100 mil euros a guardas prisionais, tendo sido eles a colocarem um fio de serra na cela. Mas terão sido mesmo pagos os guardas prisionais em questão? Terão eles colaborado realmente na fuga dos mesmos? Respostas para estas perguntas é o que agora é necessário apurar. Teremos que aguardar agora pelas investigações para que todos os factos e responsabilidades sejam apurados.

Provocação à ministra

Mas a provocação mais recente de Joaquim Bitton Matos foi a publicação de um vídeo no Facebook. Vídeo que, desta feita, continha uma mensagem desafiadora para a própria ministra da Justiça, Francisca Van Dunem.

Publicidade

É nessa publicação que, no tejadilho de uma viatura em movimento, ele revela ser o recluso com o número 348, e afirmar estar de regresso a casa. Nesse mesmo vídeo, ele aparece a perguntar onde fica Caxias, tendo ainda um colete da #Polícia nas costas do banco do pendura.

Até que ponto este luso-israelita vai levar as suas provocações? Até aos últimos dias ele tinha provocado apenas as autoridades, mas agora até a própria ministra da justiça foi visada por ele. Será que vai conseguir manter-se em fuga por muito mais tempo? Por enquanto não há respostas, mas com toda a certeza a pena que ele tinha anteriormente vai ser severamente agravada, após a fuga e todas as provocações que ele tem realizado nas redes sociais.

As autoridades continuam a desenvolver todos os esforços para conseguirem recapturarem o terceiro fugitivo do Estabelecimento Prisional de Caxias.