Nos últimos tempos apareceu um jogo na #Internet, denominado “Baleia Azul”. Num espaço de tempo muito curto, já se tornou viral entre os mais novos. Trata-se de um jogo demasiado perigoso e que já fez mesmo várias vítimas mortais no mundo. Sem dúvida alguma, é um jogo muito arriscado, perigoso e demasiado perverso.

Procura alvos facilmente manipuláveis. E as pessoas mais fragilizadas e vulneráveis são, com toda a certeza, as mais facilmente influenciáveis.

Na internet, quando pretendemos uma determinada informação, conseguimos obtê-la de forma fácil e rapidamente, bastando apenas efectuar pesquisas. Como tal, em Portugal também já existem jogadores deste jogo.

Publicidade
Publicidade

E eles vão desde os mais novos aos mais velhos.

O jogo começa sempre com uma mensagem anónima, que convida e incentiva o destinatário a participar. Caso o mesmo aceite o desafio, já não pode voltar atrás na decisão, mesmo que assim o deseje. Essa mensagem acaba com uma ameaça. Ameaçam que enviam o número de telefone a um chefe e que ele descobrirá todos os dados e até o nome do destinatário da mensagem, caso a mesma seja ignorada ou bloqueada.

E os que já se encontram em jogo, mas que até pretendem desistir e sair, não conseguem fazê-lo e são mesmo vítimas de ameaças, envolvendo a família, conforme se pode ler num artigo publicado a 2 de Maio no Observador.

O jogo inclui 50 desafios que são obrigatórios. Esses desafios são enviados todos os dias por um mentor, que dita as regras e propõe os desafios.

Publicidade

É ele que envia as mensagens com as instruções para os jogadores e solicita fotografias que comprovem o cumprimento dos mesmos.
 Aquele que chegar ao fim é o vencedor e o último desafio que lhe é exigido é o seu suicídio.

Vários são as tarefas que são exigidas, entre as quais a auto-mutilação, ouvir música psicadélica, visualizar determinados filmes de terror, subir a telhados, andar perto de caminhos de ferro, deslocar-se até pontes, ter reuniões com o mentor e com outros participantes e deixar mesmo de comunicar com amigos e familiares, até ao suicídio. É um jogo que está já associado a cerca de 130 suicídios no mundo inteiro.

O que para nós portugueses eram até agora apenas notícias, tornou-se agora uma realidade, pois em Faro já uma jovem se atirou de um viaduto para cometer suicídio por causa desse jogo. Segundo a Polícia Judiciária, já existem no nosso país actualmente 10 prováveis jogadores no “Baleia Azul”. Hoje, dia 3 de Maio, uma jovem deu entrada no Hospital de São João, no Porto, suspeitando-se que seja mais uma vítima destes desafios.

Por isso, sempre que observarem uma mudança de comportamento nos vossos filhos ou amigos, falem com eles e mostrem-lhes que podem sempre contar convosco. E se eles receberem mensagens do género, denunciem de imediato o teor das mesmas às autoridades competentes, para que os possam ajudar. #Crime #Jovens