O ex-primeiro ministro José Sócrates, preso preventivamente no Estabelecimento Prisional de Évora (EPE) desde o passado dia 23 de Novembro, e Mário Soares, histórico socialista, trocaram cartas recentemente. Tudo começou aquando da celebração dos 90 anos do antigo Presidente da República no dia 7 deste mês. José Sócrates felicitou Soares pelo seu aniversário e a resposta deste surgiu 48 horas antes do dia de Natal. As cartas podem ser lidas na íntegra na edição impressa desta segunda-feira do Jornal de Notícias. Recorde-se que o ex-secretário geral do PS é preso preventivo devido a indícios por crimes de branqueamento de capitais, fraude fiscal qualificada e corrupção.

Publicidade
Publicidade

A primeira carta partiu de José Sócrates a felicitar Mário Soares pelo seu 90º aniversário. Na missiva, o antigo primeiro-ministro tece rasgados elogios ao histórico socialista, enaltecendo o "carisma" e a "coragem" que pautam a sua vida, e relata ainda a noite "abracadabrante" da sua detenção no Aeroporto de Lisboa. Sócrates, preso número 44, não deixou também de sublinhar o dia em que Mário Soares o visitou no EPE. "A amizade é o mais belo e político dos sentimentos", escreve José Sócrates. De consciência tranquila, o ex-secretário geral dos socialistas questiona Soares sobre a prisão preventiva a que está submetido, sem antes referir que o regresso a solo português aconteceu quando teve conhecimento da "violência e terror" que os seus filhos e restantes familiares estavam sujeitos.

Publicidade

"Ainda têm o desplante de falar em 'perigo de fuga'", aponta Sócrates, que questiona: "Mas que gente é esta, Mário Soares?".

Cerca de 15 dias depois chegava ao EPE a carta de resposta de Mário Soares. O antigo governante não poupou nas críticas a Joana Marques Vidal e a Carlos Alexandre. Relativamente à procuradora-geral da República, o fundador do PS aponta que a intervenção de Joana Marques Vidal carece de "sentido democrático", ao passo que Carlos Alexandre, o juiz responsável pelo caso Marquês, tem, na opinião de Soares, tratado Sócrates de forma "vergonhosa" porque sabe "que não tem nada que o possa atingir gravemente". Críticas à parte, Mário Soares não deixou de elogiar Sócrates, que considera ser "uma grande figura do socialismo democrático" de grande "honradez, valentia e amizade".

Camaradas de partido visitam Sócrates

Alberto Costa e Sérgio Sousa Pinto, deputados do PS, foram as últimas personalidades da vida política portuguesa a visitar José Sócrates, no EPE. A visita aconteceu na manhã do passado sábado, dia 27.

Publicidade

Recorde-se que Capoulas Santos (ex-ministro da Agricultura do governo de Sócrates), André Figueiredo (antigo chefe de gabinete de Sócrates), Pedro Silva Pereira (ex-ministro da Presidência socialista),António Guterres (ex-primeiro ministro socialista), Fernando Gomes (antigo presidente da Câmara do Porto), Almeida Santos (presidente honorário do PS), Jorge Lacão (deputado socialista), Eduardo Barroso (médico-cirurgião e familiar de Maria Barroso, mulher de Mário Soares) e Jorge Nuno Pinto da Costa (presidente do Futebol Clube de Porto) também já se deslocaram ao EPE. #Justiça