A tradição manteve-se e o famoso Pai #Natal veio visitar as crianças da cidade do Porto. Como já é habitual, todas as crianças prepararam pequenos brindes para ele e pensaram nos seus melhores desejos para este Natal. Ainda que grande parte dos pedidos fosse "um irmão ou uma irmã", houve espaço para as tradicionais bicicletas, bonecos, carros de brincar e muito mais. São Nicolau foi Arcebispo de Mira e nasceu na Ásia Menor. Na segunda metade do Século III ficou intimamente associado à caridade apostólica para com os mais pobres. Fazia visitas e consolava os doentes, ensinava os ignorantes e convertia aqueles que não acreditavam em Deus.

Segundo a História, salvou três meninos que tinham sido friamente degolados e os seus corpos tinham sido cortados aos bocados e postos em sal numa tina.

Publicidade
Publicidade

Diz-se que foi um milagre. As histórias contam, inclusive, que salvou três irmãs das crueldades do pai e dando-lhes dotes para casarem e livrarem-se para sempre da desonra da vida do seu pai. São histórias que sustentam toda uma adoração à volta de São Nicolau.

Segundo as lendas que remontam a 1875, a Festa de S. Nicolau celebrava-se a 6 de Dezembro, realizando-se um grande magusto em frente à Igreja de S. Nicolau, no Porto. Todas as crianças recebiam castanhas dadas pelo pároco e traziam lenha para as assar na fogueira. Durante vários anos a festa foi cancelada e só por volta dos anos 1990 é que a Paróquia de S. Nicolau decidiu retomar esta bonita tradição.

Por todo o Mundo se festeja esta tradição ligada a São Nicolau. Holanda, Alemanha e França são apenas alguns dos lugares onde esta festa é celebrada.

Publicidade

Até na Áustria e na Eslováquia a tradição desta chegada se cumpre. Mas em Portugal existe um presente especial. O S. Nicolau chega à Ribeira do Porto de barco, abraçando todas as crianças que pode! É um dia muito especial para as crianças do Porto. Escrevem poemas, pintam desenhos, convivem. A magia do Natal é esta. Não podia ser mais especial, não podia ser menos adorada. Toda esta magia transforma os nossos corações.