O ano de 2015 é considerado como sendo um ano estratégico para o mercado livre de energia, e dessa forma as empresas estão já a preparar as suas campanhas. Em primeiro lugar foi a GALP a anunciar uma parceria com o Continente associando ainda descontos de combustíveis no cartão continente, para além da atribuição de descontos nas facturas da electricidade e gás natural, designando esta campanha de Plano Energia3. Agora foi a vez de a EDP responder com uma campanha de descontos que se irá iniciar a 9 de janeiro, e prolonga-se até 15 de fevereiro, sendo que o desconto será válido até 31 de dezembro de 2015. Aguarda-se ainda uma possível resposta por parte da Endesa, pois os seus principais concorrentes estão já lançados na tentativa de adquirir o maior número de clientes possíveis já no início do ano de 2015.

Publicidade
Publicidade

Apesar dos prazos para terminar o mercado regulado terem sido alargados, permitindo assim que os clientes tenham mais tempo para escolher o operador que pretendem no mercado livre, as empresas do sector energético estão já a implementar estratégias agressivas para que possam angariar a maior cota de mercado possível. Para tal a EDP lançou a campanha de descontos de 10% que ficará em vigor até ao final do ano de 2015. Depois dessa data os clientes são livres de aderir a uma nova campanha que se encontre em vigor, caso volte a ter descontos benéficos. A campanha está a ser lançada para atribuir 10% de desconto na fatura total da electricidade e mais 10% de desconto na conta total do gás natural para quem pretenda aderir ou tenha já as contas conjuntas. No entanto é possível que os consumidores finais optem por aderir apenas à electricidade, em que o desconto será mantido nos 10%.

Publicidade

Recordemos que neste momento a EDP Comercial tem quatro ofertas fixas no mercado livre e que se vão manter com esta campanha, sendo elas: O Casa Total Click, o Casa Click, o Casa Total e o Casa. No entanto, tal como o Casa Total Click ou o Casa Click, esta nova oferta da EDP necessita que a adesão seja feita apenas no site. É também obrigatório que a factura seja online e tenha associado o débito directo na sua conta. A outra vantagem desta nova oferta é que não existe qualquer período de fidelização.