O Município de Tondela realizou uma iniciativa de promoção dos produtos endógenos do concelho. A ideia consistiu em aliar a gastronomia local com a loiça de barro preto de Molelos, uma freguesia daquele concelho. Para isso, marcaram presença alguns dos mais conceituados e premiados chefes de restaurantes nacionais: Hans Neuner, do Ocean (premiado com duas estrelas Michelin), João Rodrigues, do Feitoria, e Miguel Laffan, do L' And, ambos com uma estrela no currículo. Também o Ministro-Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Poiares Maduro, e o Secretário de Estado da Administração Local, António Leitão Amaro, estiveram no evento, que se iniciou nas oficinas de alguns dos oleiros de Molelos.

Publicidade
Publicidade

Foi possível, então, perceber alguns dos segredos da arte de bem fazer a loiça preta, revelados pelos próprios artesãos que aproveitaram a oportunidade para enaltecer as caraterísticas únicas dos produtos que trabalham. Mais tarde, num dos restaurantes mais conceituados da região, o 3 Pipos, em Tonda, foram servidos alguns dos pratos mais tradicionais da gastronomia beirã, confecionados e servidos precisamente na loiça preta de Molelos.

A ideia que se pretende transmitir é a de que se pode utilizar a loiça não só na fase de confeção, mas também no momento do serviço à mesa. Com a vinda daqueles prestigiados chefes de restaurantes nacionais, pretendeu-se dar projeção e enaltecer os oleiros locais e os produtos endógenos. Por outro lado, ficou a sensibilização para o facto de que é perfeitamente possível conjugar os saberes ancestrais com os valores da cozinha moderna.

Publicidade

Isso mesmo foi evidenciado pelos chefes presentes, que se mostraram muito agradados com a loiça, com características muito próprias, que confere aos alimentos um sabor original e natural, em oposição a alguma comida menos saudável.

José António de Jesus, presidente do município de Tondela, realça que este é apenas um evento, entre outros, que a autarquia beirã irá desenvolver, sempre com objetivos que passam pela dinamização e divulgação dos produtos e produtores locais, bem como do seu território. #Culinária