A partir de hoje, todos os que incitarem ou procurarem organizações terroristas online serão presos e julgados por crime, em Portugal. O Governo aprovou, esta quinta-feira, uma medida que está de acordo com a Estratégia Nacional de Combate ao #Terrorismo, seguindo propostas semelhantes de outros membros da União Europeia. O objectivo será diferir, prevenir, combater, detectar e responder a potenciais ataques de organizações terroristas em território nacional.

Numa altura sensível, principalmente na Europa, que tem vivido meses de terror sem precedentes, todos os membros da União Europeia foram aconselhados a desenvolver e a criar estratégias rigorosas para o combate ao terrorismo. Tendo isso em mente, hoje o Conselho de Ministros aprovou uma das muitas medidas que vão de encontro à nova Estratégia Nacional de Combate ao Terrorismo: considerar crime a exploração e procura online de sites que promovem o terror e o crime organizado.

Publicidade
Publicidade

"Esta é uma das propostas que nos comprometem, cada vez mais, para nos mobilizarmos, coordenarmos e cooperarmos com todas as entidades nacionais, que têm responsabilidade no combate ao terrorismo nacional e internacional", justificou a ministra da Administração Interna. Todas as unidades portuguesas contra o terrorismo vão ser reforçadas e apoiadas pelo Governo português, como é o caso do exército, da marinha e de todos os serviços de segurança, tal e qual como foi sugerido pela União Europeia.

Apesar de Portugal não ser um alvo preferencial dos grupos terroristas, segundo as informações internacionais, todo o cuidado é pouco pois, neste momento, todos os países membros da União Europeia poderão ser alvos interessantes para estas organizações. Sendo o objectivo destes grupos passar a sua mensagem ao maior número de pessoas possível, Alemanha, Inglaterra, França e Espanha serão países mais "apetecíveis" para estes grupos.

Publicidade

Todo o cuidado é pouco e, com esta medida, Portugal poderá ter mais controlo quanto às movimentações suspeitas realizadas em território nacional. Hoje em dia, a internet tem um poder enorme para as comunicações terroristas, justificando esta medida rigorosa, que tem sido implementada em toda a Europa.