A majestosa procissão dos passos em Alpalhão decorre no fim de semana quinze dias antes da Páscoa. Este ano a procissão teve lugar a 21 e 22 de março, sendo que no dia 21 decorreu a procissão noturna e no dia 22 a procissão diurna. Foram muitos os fiéis que acompanharam a procissão noturna, que seguiu do Calvário até à Igreja Matriz. Esta procissão foi composta pelas lanternas, a cruz de prata e o andor com a imagem do Senhor dos Passos que estava tapado com cortinas roxas, que tem como símbolo a condenação de Cristo. Após a procissão ter chegado à igreja houve uma pequena celebração solene e logo depois o andor do Senhor dos Passos foi destapado e enfeitado com flores.

Publicidade
Publicidade

No dia 22 a procissão saiu da igreja do Espírito Santo em direção à igreja Matriz. Nesta procissão seguiu o guião, os anjinhos, as insígnias, Maria Madalena, Verónica e a banda filarmónica de Alpalhão. Após a procissão ter chegado à igreja, houve o sermão e logo depois saiu a procissão em direção ao Calvário já com o andor do Senhor dos Passos. Todas as insígnias tinham como representação a paixão do Senhor.

No percurso até ao Calvário a procissão passou por cinco passos representados com figuras humanas. Esta representação esteve a cargo do Movimento Teresiano do Apostolado (MTA) pelo sétimo ano consecutivo. A partir do segundo passo, que tem com simbologia o encontro de Cristo com Maria, entra na procissão o andor de Nossa Senhora das Dores e São João Evangelista.

Publicidade

Assim que a procissão chegou ao calvário, os andores de Nossa Senhora das Dores e São João Evangelista simbolicamente ficaram de luto, bem com Maria Madalena e Verónica. Logo depois saiu do Calvário outra procissão com o Senhor morto, que tinha com simbologia o Enterro do Senhor.

A procissão dos passos de Alpalhão atrai muitos fiéis e este ano a tradição manteve-se. Goram cerca de 100 fiéis que acompanharam a majestosa procissão dos passos. Esta procissão ficou marcada pela devoção, bem como pela emoção vivida e presenciada por parte dos fiéis que aderiram a esta manifestação religiosa. #Religião