Hoje em dia há quem diga que é sorte, mas a maioria diz que é azar. O que quer dizer o numero 13, afinal? Desde milhares de anos a.C. que 13 é um número cheio de mistério e superstições. Muitas culturas consideravam o 13 como sorte, como era o caso dos egípcios. A sua vida era composta por 12 patamares e o 13º era a gloriosa chegada à vida eterna. Para eles a morte não era um acontecimento negativo, mas sim uma conquista, com o prémio da subida para o paraíso. Mas foi assim que o número 13 começou a ganhar uma conotação com a morte. As outras culturas da altura para as quais a morte não era considerada uma ascensão pegaram nas crenças dos egípcios e distorceram-nas completamente.

Publicidade
Publicidade

Desde essa altura muitas lendas e mitos começaram a surgir em torno do 13.

É uma das superstições mais populares dos cristãos por vários motivos. O dia 13 numa sexta-feira é conhecido como dia de azar. Nas Sagradas Escrituras surgem vários registos ligados ao número, pois é suposto ter sido no mesmo dia em que Jesus sofreu a crucificação e na última ceia estavam 13 pessoas à mesa.

Várias outras crenças da mitologia também tiveram histórias que influenciaram negativamente o número. Segundo um mito dos nórdicos, existiu um banquete com 12 deuses convidados e o 13º presente foi um espírito do mal chamado Loki. Começou desde aí a pensar-se ser sinónimo de azar ter 13 pessoas em casa e à mesa. Também a deusa nórdica Friga (do amor e beleza), tem algumas lendas relacionadas com o número.

Publicidade

Uma das histórias conta que, quando se começou a conversão ao Cristianismo, ouve uma tribo que resolveu transforma-la em bruxa e começou uma briga entre 13 nações. Friga quis vingar-se do sucedido e reuniu-se com mais 11 bruxas e um demónio (13), que passaram a castigar humanos com maldições e azar. Os Celtas acreditavam que 13 duendes apareciam nas sextas-feiras 13 para levarem humanos com eles. Nesta noite ninguém saía de casa com receio de ser atacado. Acreditavam também que se fossem apanhados seriam transformados em outros seres para que ninguém os reconhecesse. #História #Curiosidades