"Se eu ganhasse o Euromilhões… !" Certamente que muitos de nós já nos questionámos sobre o que fazíamos com um prémio tão grande. Pois bem, esta semana, um apostador, cujo boletim foi registado na zona de Felgueiras, no Porto, pode mesmo pensar o que fazer, pois ganhou o jackpot de 100 milhões de euros. De acordo com as informações da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a chave vencedora do concurso 19/2015 é composta pelos números 23, 30, 47, 49 e 50 e ainda pelas estrelas 2 e 7. O primeiro prémio saiu a um único apostador, mas o segundo contemplou nove jogadores, todos eles fora de Portugal. Mesmo assim um português conseguiu ainda um terceiro lugar, ganhando deste modo 94.521 euros.

Publicidade
Publicidade

Porém, o vencedor dos 100 milhões, que até ao momento ainda não foi identificado, vai ter de descontar 20% do valor total do prémio para o Estado, uma vez que desde 2012 todos os prémios superiores a cinco mil euros exigem esse imposto. Lançado em 2004, o Euromilhões é a lotaria com maior popularidade da Europa, devido sobretudo aos jackpots milionários que permite arrecadar. No seu primeiro sorteio eram apenas três os países que faziam parte da lotaria: França, Reino Unido e Espanha. Hoje em dia, o sorteio do Euromilhões realiza-se duas vezes por semana, às terças e sextas-feiras, a partir de Paris, e conta com nove países europeus inscritos. Para além dos três iniciais juntaram-se ainda Portugal, Luxemburgo, Áustria, Bélgica, Irlanda e Suíça.

Portugal é assim o terceiro país em que mais vezes saiu o primeiro prémio, 55 apostadores, ficando atrás da França e Espanha, que ocupam o primeiro e segundo lugar respectivamente.

Publicidade

Porém, outros jackpots milionários foram saindo ao longo da existência desta lotaria. Em 2011, o prémio de 185 milhões saiu no distrito de Castelo Branco e, em 2012, o jackpot milionário de 190 milhões foi para a Escócia. Contudo, há a registar em Portugal prémios de valor considerável que, ao longo do tempo, nunca foram reclamados. São eles no valor de 351 mil euros, outro de 192 mil e um terceiro ainda de 79 mil euros. Este dinheiro reverte a favor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. #Jogos