De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) está calculado a partir de amanhã, sexta-feira, um aumento acentuado da temperatura máxima no norte do país em cerca de três graus, sendo que a região sul pode sentir um aumento bem perto dos seis. Nas ilhas o cenário é um pouco diferente. Tanto os Açores como a Madeira as temperaturas só vão aumentar pouco mais de dois graus nos próximos dias. Contudo, é possível que haja, no final desta quinta-feira, alguma queda de chuva, principalmente em toda a zona litoral de Portugal continental.

"Estamos com uma previsão de chuva fraca no Minho e Douro Litoral, mas também na restante zona litoral do nosso. Serão pequenos períodos em que vai chover, mas nada de muito significativo. Isto deve-se à passagem de uma frente quase ciclónica que vem da América do Sul e que vem acabar no norte da Europa, mas tem passagem pelo nosso país", afirmou Cristina Simões, metrologista do IPMA.

As temperaturas mínimas também vão subir já a partir desta sexta-feira, sendo que na região norte estão previstas temperaturas nunca inferiores a 12 graus e no resto do país o termómetro rondará os 16. Isto de acordo com a nota divulgada pelo IPMA no seu site oficial.

Ainda de acordo com Cristina Simões, o fim-de-semana será quente "e bom para um leve passeio à beira mar mas sem abuso porque os raios ultravioletas estarão num nível alto", adianta.

Desta forma, a Primavera parece ter arrancado agora em força, dado que na próxima semana prevê-se um aumento ainda maior da temperatura, podendo chegar a ultrapassar os 30 graus, principalmente no centro e no sul do país.

Ainda assim, o IPMA pede alguma prudência às pessoas, como se pode verificar na nota divulgada. "Nesta quinta-feira à tarde haverá ainda alguma chuva e vento forte em todo o país. As pessoas devem por isso vestirem-se de forma adequada, dado que as temperaturas de noite serão bastante frias. Esta situação pode ainda ser verificada na manhã de sexta-feira, sendo que o aumento da temperatura irá fazer-se sentir a partir das 12 horas ou 13 horas, de Portugal continental", finaliza a comunicação.

Até sexta-feira de manhã, cerca de 14 distritos do continente mas também o arquipélago da Madeira vão estar sob aviso amarelo por causa da chuva do e vento forte que se farão sentir.