Recentemente foi assinado um protocolo de apoio ao desenvolvimento de atividades em dezanove instituições de Sines, entre a Repsol Polímeros e a Câmara Municipal de Sines, no âmbito do compromisso social para a defesa, preservação e qualidade de vida da população residente na zona. Esta medida, delineada faz três dias, na sala de sessões da instituição, não é a primeira, mas sim o desenvolvimento de um conjunto de intenções que a Repsol pretende levar a cabo.

O momento solene contou com o representante máximo, um vereador do município e os diretores intervenientes no processo. Este protocolo foi apresentado como sendo de benefício mútuo.

Publicidade
Publicidade

O montante atribuído foi de cerca de 44 mil euros para entidades de cariz desportivo, cultural e social que fazem parte da vida e região de Sines e do Alentejo.

É uma relação que ajuda no "desenvolvimento equilibrado e progressivo do concelho", referiu Joaquín Garcia-Estan, Diretor Geral da Repsol Polímeros, S.A, em comunicado. O contributo da empresa no concelho passa por postos de trabalho e cursos de formação para as camadas mais jovens. Estes avanços foram bem recebidos em Sines pelo presidente da Câmara Municipal, Nuno Mascarenhas, uma vez que possibilitou apoiar mais quatro colectividades comparativamente com o ano anterior.

A lista de apoios entregues surge em boa hora para as coletividades dada a situação económica vivida em Portugal. As contempladas por este ato de solidariedade foram a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Sines com 9000 euros, o Vasco da Gama Atlético Clube com 5000 euros, o Contra Regra - Teatro do Mar com 4000 euros, a Academia de Ginástica de Sines, Associação Recreativa de Dança Sineense, o Clube de Natação do Litoral Alentejano, o Andebol Clube de Sines e o Hóquei Clube Vasco da Gama ficaram com a módica quantia de 2000 euros.

Publicidade

A estes seguiram-se a Gralha - Associação Desenvolvimento de Porto Covo, a Associação Caboverdiana de Sines e a Siga a Festa - Associação de Carnaval, com 3000 euros cada; a Associação Pro Artes de Sines e os Os Independentes Futsal Associação receberam 1500 euros; o Ginásio Clube de Sines e a Sociedade Musical União Recreio e Sport Sineense tiveram direito a 1000 euros cada; enquanto a Arte Velha - Associação de Artesãos, Clube Desportivo e Recreativo de Porto Covo, a PROSAS - Projeto Sénior de Artes e Saberes e o Sines Surf Clube contaram cada uma com o montante de 500 euros.