O concurso do Euromilhões que na sexta-feira da semana passada, dia 6 de Março, premiou um único apostador com o valor de 100 milhões de euros já tem um vencedor identificado. Recorde-se que a aposta foi registada no café Agueiro, em Felgueiras, propriedade de Joaquim Leite. E foi inclusivamente em Felgueiras que o prémio saiu.

De acordo com as informações divulgadas pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, o prémio foi reclamado ao início da tarde desta sexta-feira, dia 13 de Março, apesar de ainda não ter sido levantado. O vencedor trata-se de um jovem entre os 20 e os 30 anos, não adiantando mais qualquer novidade.

Publicidade
Publicidade

Apesar de ser possível reclamar o prémio no prazo de 88 dias subsequentes à saída dos números, o vencedor perde em média cerca de 2.900 euros por cada dia que passa sem o levantar. Assim, este jovem pelos sete dias que levou a reclamá-lo perdeu 20.300 euros. A tudo isto terá ainda de adicionar os 20% que terá de descontar para o Estado para pagamento do imposto do selo. Porém, o prémio continua sempre milionário.

Conhecido o vencedor milionário, o prémio continua a acumular. Na terça-feira passada, dia 10 de Março, o jogo não contemplou nenhum excêntrico sendo que nesta sexta-feira, dia 13 de Março, o prémio em jogo era de 26 milhões de euros. Determinou a tômbola da sorte que a chave vencedora deste concurso, 21/2015, era composta pelos números 4, 5, 18, 22, 23 e pelas estrelas 1 e 3.

Publicidade

No entanto, não houve novamente vencedores a registar, apesar de ter saído em Portugal um segundo e um terceiro prémio, um no valor de 229 mil e outro de 50, respectivamente.

O sorteio irá continuar, sendo que na próxima semana, já na terça-feira, estará em jogo um jackpot estimado no valor de 33 milhões de euros. Em Novembro celebra-se os onze anos desde que foi conhecido o primeiro excêntrico português. Domingos Oliveira e Paulo Pereira, de Castelo Branco, amigos e sócios no jogo, foram os primeiros totalistas do Euromilhões em Portugal, em 2004, quando com uma aposta de dez euros lhes saiu um prémio no valor de 43 milhões.