Por volta das 16 horas e 40 minutos desta quarta-feira, dia 8 de Abril, em Linda-a-Velha, pertencente ao concelho de Oeiras, o INEM foi chamado a socorrer um bebé de três meses que teria sido esfaqueado no peito. A criança ainda foi socorrida  no local, encontrando-se em paragem cardiorrespiratória e acabando por falecer. O agressor terá sido o próprio pai do bebé que, após cometer o #Crime, dirigiu-se a um café próximo de casa, com a roupa ensanguentada e confessou o crime que havia cometido. Depois ter-se-á colocado em fuga a pé. Entretanto, a própria mãe do menino de três meses terá chamado os serviços de urgência, os quais chegaram quando o bebé ainda tinha a faca espetada no peito.

Publicidade
Publicidade

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Dafundo, Carlos Jaime, adiantou que o pai terá discutido com a sua companheira, mãe da criança, por telefone, acabando por afirmar que iria matar o filho. O suspeito, de cerca de trinta anos, já foi detido pela PSP e deverá ser presente às autoridades judiciais já esta quinta-feira, dia 9 de Abril. Quanto à mãe da criança, que terá alertado as autoridades, encontra-se a receber apoio psicológico.

O casal já teria um historial de violência doméstica. A mãe do bebé terá saído de Coimbra, onde vivia com o companheiro, após ter sido agredida pelo mesmo. O casal voltou a juntar-se em Lisboa, onde tiveram o filho agora assassinado. Uma fonte policial relatou que o suspeito, que já terá confessado o crime, realizou recentemente um tratamento de desintoxicação de álcool e drogas.

Publicidade

Este não é o primeiro crime contra crianças a ocorrer na Europa este ano. A 20 do passado mês de Março, em Louchats, em França, sucedeu-se o infanticídio de cinco crianças. Uma das crianças era um bebé recém-nascido, encontrado dentro de um saco térmico e os seus quatro irmãos, que foram encontrados dentro de um congelador. O pai das crianças foi imediatamente detido e a mãe foi hospitalizada, após ter dado à luz, em casa, sem assistência médica. Os outros quatro bebés encontrados sem vida também terão nascido nas mesmas condições.