A Polícia Judiciária deteve um homem, de 58 anos, por suspeita de se tratar de um assassino em série. Luís Catarino poderá estar envolvido na morte da namorada, em Setembro de 2012, em Ponte de Lima e ainda no desaparecimento de uma outra mulher, em Maio de 2013, em Vila Real.

Luís Catarino já esteve preso, após ser condenado por tentativa de homicídio e tentativa de violação contra uma menor de 16 anos, em Janeiro de 2001. Nesta altura, este homem era casado mas mantinha uma relação extraconjugal com Ana Maria, a mãe da adolescente com quem este homem tentou ter relações sexuais. Luís Catarino conseguiu isolar a vítima, numa mata, onde tentou violá-la e onde a regou com gasolina. A jovem tentou a fuga e, enquanto corria, Luís Catarino alvejou-a com três tiros.

Publicidade
Publicidade

A menor sobreviveu, apesar de 14 anos depois ainda ter uma bala alojada na cabeça. O homem foi condenado a dez anos de prisão, tendo cumprido sete anos.

Saiu em liberdade mas a sua vida continuou envolta em muita controvérsia, até que voltou agora a ser detido. Em Setembro de 2012, Maria Augusta Ernesto, de 32 anos e natural de Torres Novas, desapareceu em Ponte de Lima. Na altura, esta mulher era namorada de Luís Catarino. Agora, a Polícia Judiciária crê haver indícios de que terá sido Luís Catarino a matar e a fazer desaparecer o corpo da então namorada. Por esse motivo, detiveram o homem. Mas, não só.

A Polícia Judiciária adianta, ainda, a possibilidade deste homem ser um assassino em série, podendo estar ainda implicado no desaparecimento de uma outra mulher, em Maio de 2013, em Vila Real, numa altura em que o suspeito residia perto do local de trabalho desta mulher.

Publicidade

Judite Carvalho, de 42 anos, trabalhava num estabelecimento comercial e no final do expediente foi vista pela última vez.

Os vizinhos, em Vilar de Maçada, estão bastante apreensivos, mas relatam outros alegados delitos em que o suspeito terá estado envolvido. Uma prima de Luís Catarino admitiu mesmo, em declarações à TVI, que no Verão de 2014 lhe terá roubado mais de três mil euros em ouro, de casa dela.

O suspeito está detido, em prisão preventiva, a aguardar julgamento. #Justiça #Crime