O conhecido apresentador da TVI, Manuel Luís Goucha, mostrou-se recentemente indignado e envergonhado, nas redes sociais, com a afirmação do secretário de Estado da Saúde, Fernando Leal da Costa, a propósito da reportagem da jornalista Ana Leal que passou nos últimos dias no canal de Queluz de Baixo referente aos serviços de urgência nacionais.

A reportagem em questão resultou de um trabalho de investigação que durou cerca de um mês, em que a equipa televisiva se infiltrou em quinze hospitais e mostrou a realidade nua e crua de como se trabalha nas unidades hospitalares. Contudo, o secretário de Estado da Saúde terá afirmado posteriormente aos jornalistas que o que o espectador viu na peça apenas demonstra que "os serviços de urgência em Portugal funcionam muito bem".

Publicidade
Publicidade

O representante da pasta acrescentou ainda que "o que nós vimos foram pessoas bem instaladas, bem deitadas, em macas com protecção anti-queda, em macas estacionadas em locais apropriados".

Pois bem, estas declarações não caíram bem ao mediático apresentador de televisão que de imediato escreveu nas redes sociais que viu "coisas bem diferentes que me envergonham como cidadão". Os comentários dos seus seguidores também não se fizeram esperar, sendo que concordavam com a afirmação de Goucha e ainda deixavam no ar duras críticas ao secretário, assegurando que se fosse algum membro da sua família "ele não estaria com a mesma visão".

A reportagem da TVI apresentou inclusive imagens bastante constrangedoras, sendo que os próprios médicos consideram a situação dos serviços de urgência bastante preocupante, devido, nomeadamente, à falta de profissionais.

Publicidade

Também esta semana o bastonário da Ordem dos Médicos, José Silva, afirmou que a reportagem transmitida na TVI é o retrato exacto da realidade que se passa nos hospitais. Adianta ainda que "a Ordem dos Médicos tem vindo a chamar a atenção para o problema das urgências", reforçando ainda, e uma vez mais, as "consequências negativas do exagero de cortes no Serviço Nacional de Saúde". #Famosos