O Papa Francisco já demonstrou a vontade de visitar o Santuário de Fátima em 2017. Essa data é especial para o santuário já que é o ano em que se comemoram os 100 anos das Aparições de Nossa Senhora de Fátima aos pastorinhos Lúcia, Jacinta e Francisco. A notícia foi confirmada pela diocese de Leiria-Fátima no seu site oficial, referindo que terá sido o próprio Papa a afirmar numa audiência privada com D. António Marto, este sábado, dia 25 de Abril. Ao bispo de Leiria-Fátima, o Papa Francisco terá afirmado que caso a vida e a saúde assim lho permitam tem intenção de marcar presença na Cova da Iria para celebrar junto dos devotos à Nossa Senhora de Fátima o centenário das aparições.

Publicidade
Publicidade

Segundo o comunicado publicado no site oficial da diocese, esta foi a primeira vez que o Papa confirmou a sua intenção de estar presente em Fátima em 2017 e que autorizou a divulgação desta sua vontade de participar nas celebrações. Anteriormente o vice-primeiro ministro Paulo Portas já tinha endereçado um convite ao Papa Francisco, confidenciando como seria importante a vinda do Sumo Pontífice a Portugal para assinalar o centenário das Aparições de Fátima. Esse convite foi feito na altura em que foram investidos os novos cardeais deste pontificado, incluindo o novo Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente. Na altura não foi conhecida qualquer resposta oficial da parte do Vaticano.

No entanto, D. Manuel Clemente demonstrava já na altura confiança de que Francisco viria a Portugal nessa data, dada a crescente importância do Santuário de Fátima no seio da Igreja Católica.

Publicidade

De relembrar que nos últimos 50 anos já vieram a Fátima os Papas Paulo VI, João Paulo II e Bento XVI. Além de ter utilizado a audiência para endereçar o convite ao Papa Francisco, D. António Marto aproveitou a ocasião para entregar uma ajuda monetária para as acções do Sumo Pontífice no apoio aos mais carenciados.

Convém também ressaltar que o bispo de Leiria-Fátima foi o primeiro bispo português a ser recebido pelo Papa Francisco em audiência privada. #Religião