Um milhão de portugueses já utiliza o Portal do Utente, a plataforma tecnológica de partilha de informação criada pelo ministério da Saúde. Os números foram avançados ontem à tarde, no Centro de Saúde de Cantanhede, aquando da visita do Presidente da República, Cavaco Silva. O presidente dos serviços partilhados do ministério da Saúde, Henrique Martins, garante que há um uso mais intenso da plataforma na região norte do país, muito embora todo o país comece a utilizar de forma crescente esta plataforma. Henrique Martins mostrou a Cavaco Silva como funciona uma consulta feita fisicamente no centro de saúde, mas com apoio remoto de um hospital.

Publicidade
Publicidade

"Passámos a dispor de uma nova funcionalidade. Permite utilizar a mesma plataforma para partilhar imagens e vídeos, entre dois médicos ou um médico e um enfermeiro, à distância."

Os pontos em rede no ministério da saúde são já 1800 e é o hospital de Bragança quem mais utiliza esta plataforma. Um facto que reforça a ideia do Presidente da República de que esta plataforma beneficia "gentes dos grandes centros do país, mas também do interior". "Foi apresentado aqui num centro de saúde para mostrar que não precisa de ser um grande hospital a utilizar esta plataforma, mas sim que está disponível a qualquer estabelecimento de saúde".

Um milhão de portugueses já utiliza este portal, com especial incidência na zona norte do país, mas ainda há resistências. "Temos de ter em conta que há muitas pessoas que não se sentem capacitadas para utilizar a internet.

Publicidade

Depois há muita gente que pensa que está bem e que não precisa de recorrer ao Portal do Utente, mas isso não é verdadeiro porque o portal permite, por exemplo, registar o contacto em caso de emergência".

Os números de acessos à plataforma mostram que 38 mil profissionais já utilizaram a plataforma pelo menos uma vez, as utilizações diárias rondam as 30 mil e, pelo menos, 800 médicos a disponibilizaram o seu correio eletrónico, estando assim disponíveis para o esclarecimento de dúvidas aos utentes.