Dois mortos e três feridos graves foi o resultado de um #Acidente rodoviário que ocorreu na madrugada desta segunda-feira, 4 de Maio, em Fuentes de Oñoro, na zona de Salamanca, em Espanha. Todos os sinistrados têm nacionalidade portuguesa e são oriundos da região da Sertã, Castelo Branco. As vítimas mortais são duas mulheres, de 30 e 68 anos de idade, tendo os restantes ocupantes do automóvel, um Opel Vectra com matrícula portuguesa, uma outra mulher de 29 anos e dois homens de 32 e 37 anos, sofrido ferimentos considerados graves. O condutor do camião, de marca Renault, envolvido no acidente, também tem nacionalidade portuguesa e saiu ileso do acidente.

Segundo informações fornecidas pela Guarda Civil espanhola, a colisão ocorreu por cerca da uma hora da madrugada ao Km 350 da Rodovia de Castela, a cerca de cinco quilómetros com a fronteira portuguesa.

Publicidade
Publicidade

Mais concretamente na intersecção da N-620 com a A-62, nas proximidades da cidade de Fuentes de Oñoro.

Todas as vítimas seguiam no mesmo automóvel, que as autoridades suspeitam que se tratava de uma viagem de turismo. O veículo terá chocado frontalmente com um pesado de mercadorias conduzido por um português de 32 anos que acabou por sair ileso do acidente. Todas as vítimas foram transportadas para os hospitais de Virgen de la Vega e Clinico Universitário de Salamanca. Quanto às vítimas mortais, uma terá tido morte imediata enquanto a outra viria a falecer a caminho do hospital. O alerta foi dado às 0:55 horas para a sala de operações do 112, tendo sido mobilizados para o local três ambulâncias de suporte básico de vida e equipamento médico dos serviços de Ciudad Rodrigo.

Publicidade

As autoridades espanholas avançam que este acidente elevou para cinco o número de mortos registados em acidentes rodoviárias nas estradas de Salamanca. Recorde-se que em Janeiro deste ano ocorreu na mesma zona um outro acidente que envolveu, também, dois homens de nacionalidade portuguesa, de 49 e 52 anos de idade, um deles ferido com gravidade.