Encontrado sem vida jovem de 14 anos, que desde a segunda-feira passada, dia 11 de Maio, estava desaparecido no concelho de Salvaterra de Magos, distrito de Santarém. O corpo de Filipe Diogo Costa, assim se chama o jovem, foi descoberto numa arrecadação de um prédio de quatro andares - último andar - no centro da vila de Salvaterra de Magos. Tudo aponta para que o jovem tenha sido espancado por um grupo de outros jovens.


A Polícia Judiciária já terá detido um jovem suspeito de ter participado no rapto e no alegado homicídio por espancamento do Filipe Diogo Costa. O jovem estava desaparecido desde segunda-feira passada e foi avistado, pela última vez com vida, no domingo no recinto da Feira de Magos, festas da vila que duram até ao próximo domingo.


A mãe, Rita Costa, ao dar pela falta do filho, lançou na segunda-feira alerta às autoridades locais, nomeadamente à Guarda Nacional Republicana do destacamento territorial de Salvaterra de Magos. O desespero da mãe levou-a a lançar também alerta em várias redes sociais, entre as quais o Facebook.


Tudo aponta para que o jovem, estudante da Escola Secundária de Salvaterra de Magos, se terá envolvido num conflito com um grupo de jovens. Apesar de não haver confirmação, decorrendo neste momento um investigação por parte das autoridades judiciais, este terá sido alegadamente raptado e espancado.


Desde segunda-feira feira que autoridades, amigos e familiares da vítima, procuravam o jovem Filipe Diogo Costa. Este foi encontrado morto esta madrugada de quinta-feira no interior de uma arrecadação de um prédio de quatro andares, num pequeno espaço no último andar do referido prédio.


A situação trouxe mais uma vez para a discussão pública a palavra "bullying". Depois do choque das imagens do espancamento, com estalos e murros, durante 13 minutos de um jovem na Figueira da Foz, desta feita o país volta a enfrentar outro caso dramático e com um desfecho trágico, com a morte de Filipe Diogo Costa por alegado espancamento por parte de um grupo de outros jovens.
#Crime