Apesar de reconhecer que outros também tiveram sensibilidade para com o sector, a Liga dos #Bombeiros Portugueses considera Miguel Macedo como o melhor ministro da Administração Interna, para os bombeiros, desde o 25 de Abril de 1974. Daí que a estrutura representativa dos bombeiros portugueses tenha atribuído hoje, 24 de Maio, a sua mais alta distinção - Fénix de Honra - ao ex-ministro social-democrata. A entrega decorreu durante as comemorações do Dia do Bombeiro Português, que se realizou em Bragança. De outras distinções, foi entregue, também, o Prémio Bombeiro de Mérito ao jovem voluntário dos bombeiros famalicenses, Pedro Pimenta, por ter salvado dois colegas durante um incêndio.

"Nunca, mas nunca, lhe seremos suficientemente gratos. Deixa-nos muitas e gratas recordações pelo ser humano que é, pela sua competência, pela sua dedicação à causa pública e como homem de Estado que sempre foi e continua a ser", foi desta forma que Jaime Marta Soares, presidente do conselho directivo da Liga dos Bombeiros Portugueses, se dirigiu ao antigo ministro da Administração Interna, Miguel Macedo. O dirigente sublinhou o papel que o ex-ministro teve na resolução dos problemas das associações e corporações de bombeiros, tanto ao nível do Ministério da Administração Interna, mas também ao abrir portas em outros ministérios como, entre outros, no da Saúde.

Segundo Jaime Soares, os bombeiros portugueses "sempre receberam as mais significativas provas de receptividade, apoio e colaboração" por parte de Miguel Macedo, pelo que a atribuição da Fénix de Honra "é da mais elementar justiça". Um discurso proferido na presença da actual ministra, Anabela Rodrigues, que durante a sua intervenção nunca se referiu ao seu antecessor. A governante optou por anunciar um reforço de 3 milhões de euros para os corpos de bombeiros do país ao abrigo da nova lei de financiamento das associações humanitárias, que será discutida dentro de dias no Parlamento.

Anabela Rodrigues aproveitou a ocasião para garantir conversações com os bombeiros relativas a algumas reivindicações, assegurando que estão em curso "diálogos profícuos" com outros seus colegas do #Governo, como é o caso do ministro da saúde, ao nível da isenção das taxas moderadoras para todos os bombeiros. Trata-se de uma reivindicação antiga da Liga dos Bombeiros Portugueses, mas Jaime Soares lembrou existirem outras, como a implementação de um Cartão Social do Bombeiro, a contagem do tempo de serviço dos bombeiros para efeitos de obtenção de pensões e reformas, a integração da Liga no conselho executivo do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), bem como a criação de zonas operacionais e respectivos comandos.