Cerca de 42.000 voluntários estarão já este fim-de-semana, nos dias 30 e 31 de Maio, espalhados por mais de 2000 lojas a nível nacional com o intuito de recolher donativos alimentícios para os mais desfavorecidos. Em declarações à Lusa, Isabel Jonet, presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, sublinha a necessidade deste tipo de campanhas para responder às carências alimentares dos mais desfavorecidos, que ainda representam números alarmantes na sociedade portuguesa. A presidente da F.P.B.A.C.F. refere ainda que é com a ajuda de todos que se consegue aliviar os efeitos negativos deste flagelo que assombra a nossa sociedade.

Publicidade
Publicidade

Os donativos serão destinados a ajudar 2.665 instituições de solidariedade social que diariamente distribuem cabazes de alimentos a mais de 410.000 pessoas carenciadas. Os responsáveis da campanha de âmbito nacional apelam aos donativos e relembram que qualquer um pode melhorar a vida de uma pessoa à sua volta com uma pequena contribuição, que passa muitas vezes por uma lata de atum, um pacote de massa ou uma garrafa de azeite.

Quem não puder ou quiser doar nos locais de recolha espalhados por mais de 2000 lojas tem como alternativa a campanha "Ajuda Vale", entre os dias 30 de Maio e 7 de Junho. Esta campanha estará disponível em todas as caixas de supermercados e postos de abastecimento de combustível aderentes. Tratam-se de vales que podem ser adquiridos e que apresentam um código de barras específico que indica qual o produto que pretende doar ao Banco Alimentar.

Publicidade

Também até 7 de Junho poderá, como alternativa, fazer a sua doação online em alimentestaideia.net.

Este ano existe outro compromisso por parte do Banco Alimentar Contra a Fome. Trata-se da preocupação com o meio ambiente, que levou à utilização de novos sacos "amigos do ambiente", sendo estes produzidos em papel, contribuindo assim para reduzir os efeitos nocivos para a natureza e biodiversidade de outros materiais mais poluentes como o plástico. Motivos suficientes para contribuir para esta campanha nacional de ajuda aos mais desfavorecidos. #Causas #Jovens