Três jovens, com idades entre os 25 e os 30 anos de idade, morreram este sábado, 16 de Maio, na sequência de despistes dos automóveis onde viajavam. Os acidentes ocorreram nos concelhos de Vila Nova de Gaia e Figueira da Foz e ambos tiveram a mesma causa: despiste de automóvel. O mais grave aconteceu nas primeiras horas da madrugada quando uma viatura caiu ao rio Douro, provocando a morte de dois jovens com idades entre os 25 e os 30 anos. No mesmo #Acidente sobreviveu uma jovem que foi transportada ao hospital em estado de choque. Por sua vez, também de madrugada, um jovem de 30 anos perdeu a vida quando o ligeiro que conduzia se despistou no concelho da Figueira da Foz.

O alerta foi dado pouco tempo depois das 00:38 horas para a zona de Paião, numa travessia superior da Auto-Estrada (A17), que liga a Figueira da Foz e Leiria. O automóvel onde seguia o jovem de 30 anos de idade terá entrado em despiste e capotado, tendo caído do viaduto superior, ficando suspenso por um placard publicitário. Quando os Bombeiros Municipais da Figueira da Foz chegaram ao local com os meios de socorro verificaram que o condutor, residente na zona de Paião, fora projectado para a via. Apesar de não apresentar sinais vitais, ainda foi accionada uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), mas acabariam por declarar o óbito.

Por sua vez, cerca das 04:00 horas foi dado um alerta para um despiste de um automóvel com queda no rio Douro na zona de Afurada, no concelho de Vila Nova de Gaia. A Polícia Marítima conseguiu resgatar, com vida, uma jovem que seguia no banco traseiro do veículo, também com idade a rondar os 25 e os 30 anos. A sobrevivente acabaria por alertar as autoridades para a presença de duas pessoas no interior do automóvel que estava submerso nas águas do rio. A jovem foi transportada pelo INEM para o Hospital Santos Silva, em Gaia, em estado de choque e por precaução.

Os corpos das vítimas mortais viriam a ser retirados por uma equipa de mergulhadores dos bombeiros em articulação com a Polícia Marítima. Um dos cadáveres encontrava-se no interior do automóvel e o segundo na zona próxima do mesmo. O automóvel foi removido por cerca das 7:40 horas.