Entre os dias 12 e 13 de maio decorreram a celebrações da peregrinação a Fátima. Esta é a primeira grande peregrinação do ano. Como é habitual o recinto do santuário de Fátima estava repleto de peregrinos vindos de todas as partes do mundo. A peregrinação deste ano contou com cerca de 90 mil pessoas.

A 12 de maio o recinto do santuário estava tão cheio que muitos peregrinos tiveram de ficar em lugares que estavam reservados para as celebrações do dia seguinte. A segurança foi reforçada, mas no entanto os agentes tiveram de controlar os peregrinos que já não tiveram lugar no santuário para assistirem e participarem na procissão das velas que decorreu pelas 22 horas de 12 de maio.

Publicidade
Publicidade

A imagem de Nossa Senhora da Aparecida, trazida do Brasil a Portugal, foi das grandes marcas desta peregrinação a Fátima.

Na manhã de 13 de maio deu-se início às celebrações do 98º ano das aparições de Fátima e mais uma vez o recinto estava cheio de peregrinos. Estas celebrações iniciaram-se com uma eucaristia presidida pelo arcebispo da Aparecida, o cardeal Raymundo Damasceno Assis, e terminaram com a "procissão do adeus".

Após a eucaristia deu-se início à partida da Senhora Peregrina, uma imagem de Nossa Senhora de Fátima que vai percorrer o país, incluindo os Açores e a Madeira, num período de um ano.

O Papa Francisco, que confirmou a sua vinda a Fátima em maio de 2017, saudou na manhã de 13 de maio na Praça de São Pedro os peregrinos de língua portuguesa. O Papa pediu ainda que a Ave-maria fosse rezada em português.

Publicidade

"Neste dia de Nossa Senhora de Fátima, convido-vos a multiplicar os gestos diários de veneração e imitação da Mãe de Deus. Confiai-Lhe tudo o que sois, tudo o que tendes e, assim, conseguireis ser um instrumento da misericórdia e ternura de Deus para os vossos familiares, vizinhos e amigos", proferiu o Papa.

Segundo o Santuário de Fátima, na peregrinação de 12 e 13 de maio inscreveram-se 164 grupos de cerca de 30 países, destacando-se um grupo de 400 pessoas vindas da Aparecida, Brasil. #Religião