O adolescente de 14 anos que foi ontem foi encontrado morto em Salvaterra de Magos foi assassinado com uma barra de ferro. As autoridades encontraram Filipe Diogo Costa com ferimentos na cabeça, que lhe terão causado a morte. Um jovem, de 17 anos, foi detido e ainda hoje vai ser presente a Tribunal de Santarém para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação. Os contornos deste caso continuam a ser investigados pela Polícia Judiciária.

O corpo de Filipe Costa foi encontrado na arrecadação de um prédio, próximo da casa onde vivia com avó, numa poça de sangue. Dados revelados na imprensa de hoje revelam que o adolescente foi assassinado com uma barra de ferro.

Publicidade
Publicidade

A Polícia Judiciária encontrou o corpo depois de ter detetado um rasto de sangue nas escadas do prédio, que ia do quarto andar, onde terá ocorrido o #Crime, e a arrecadação.

Um suspeito já foi detido, de 17 anos, mas até ao momento ainda não são conhecidas as causas do homicídio. Vai ser ouvido esta sexta feira no Tribunal de Santarém. Os primeiros relatos apontaram para motivos ligados ao tráfico de droga mas as autoridades já procuram outras razões. Filipe Costa foi visto pela última vez no recinto da Feira que decorre em Salvaterra de Magos. Alguns testemunhos indicaram que o jovem foi perseguido por elementos de um gangue local. Quem conhecia o jovem diz ainda que se tratava de um rapaz calmo, que não se metia em confusões e que acompanhava a avó.

Filipe Costa desapareceu na segunda feira e nunca mais foi visto. Face à ausência de notícias, a família deu o alerta às autoridades, que iniciaram de imediato buscas para encontrar o rapaz.

Publicidade

O caso passou para a Unidade de Combate ao Terrorismo da Polícia Judiciária, por se considerar que tinha sido um rapto. A mãe de Filipe lançou vários apelos no Facebook e partilhou várias fotografias, apelando para que lhe devolvessem o filho. Entre os apelos, Rita Costa pediu para que não lhe fizessem mal. A progenitora terá tido uma discussão com o suspeito na tarde de quarta feira, por este se encontrar vestido com algumas roupas do filho. #Justiça