O temporal que se fez sentir um pouco por todo o país nos últimos dias teve particular incidência na região do Minho. Para além de defraudar as expectativas dos visitantes e dos organizadores dos grandes eventos do fim-de-semana, nomeadamente da Festas das Cruzes, em Barcelos, Festival Metal Feist, em Barroselas, e Feira do Alvarinho e do Fumeiro, em Melgaço, causaram inúmeros prejuízos materiais, sendo que há lamentar a perda de vidas em resultado do mau tempo.

Em Braga, um indivíduo de 41 anos pereceu atingido por uma árvore, em Esposende registou-se a mesma ocorrência, desta vez sem gravidade, uma vez que um condutor ficou protegido pela viatura em que seguia.

Publicidade
Publicidade

Na mesma localidade verificaram-se ainda vários estragos, com a destruição de estufas, inundações e outros incidentes de menor gravidade.

No Porto, em Gaia, Vila Nova de Famalicão, Lourosa, Santa Maria da Feira e Vila de Conde os Bombeiros e os serviços de protecção civil foram chamados a remover árvores que obstruíam as vias automóveis. No Porto, várias árvores tombadas na Rua 31 de Janeiro, Rua da Alegria, Rotunda da Boavista e Palácio de Cristal causaram enormes prejuízos, não só na destruição do mobiliário urbano, mas também na destruição de veículos automóveis estacionados na via pública.

Em Barcelos, a estrada 203, que liga esta localidade a Braga, esteve parcialmente cortada para que os Bombeiros locais pudessem desobstruir a via, resultado da queda de árvores no traçado. Também a afluência de público aos grandes momentos de celebração deste fim-de-semana em Barcelos foi afectada pelo mau tempo. Nenhum momento das festas das Cruzes foi cancelado, mas os eventos tiveram muito menos público, e a procissão da "Invenção da Santa Cruz", no passado Domingo, foi reduzida ao percurso mínimo, decorrendo debaixo de chuva.

O Instituto do Mar e da Atmosfera prevê melhorias de tempo a partir de amanhã, com a ocorrência de aguaceiros e períodos de céu muito nublado, garantido que a fase crítica do mau tempo já teve o seu período máximo de intensidade durante os últimos dias. #Catástrofes Naturais