O jovem emigrante português desaparecido há mais de uma semana, foi encontrado esta quarta-feira, dia 22 de Julho, morto junto a uma linha de comboios, na cidade onde morava, Brighton. A confirmação de que Diogo Moreira tinha sido encontrado já sem vida foi dada pela família do jovem, que numa mensagem emocionada agradeceu a todos os que contribuíram para encontrar o Diogo. O corpo já estaria numa avançado estado de decomposição pelo que a identificação do corpo não foi imediata, segundo avança o jornal "Público". As autoridades de Brighton estão agora a investigar o caso, que está coberto de polémica e mistério.

Dia 14 de Julho foi o último dia em que Diogo Moreira foi visto com vida pelos seus amigos.

Publicidade
Publicidade

Como noticia o jornal "Público", o jovem emigrante português teria nesse dia regressado de um festival de música em Leicester e, como confessou o seu amigo Jovan Popovic, teria chegado um pouco em "baixo" e "maldisposto", decidindo pernoitar na casa deste. Nessa mesma noite, Jovan confessou que tinha-se levantado da cama por volta das quatro da manhã, mas que Diogo Moreira já havia saído do apartamento, deixando carteira e identificação para trás.

Dois dias depois, iniciaram-se intensas buscas por parte de amigos do jovem, que estudava na Universidade de Brighton, e pelas autoridades locais, tendo estas enviado um alerta nacional para que o emigrante português fosse rapidamente encontrado. Segundo avança o jornal "Público", o corpo de Diogo Moreira terá sido ontem encontrado por volta do meio-dia, junto a uma linha de comboios, muito perto da casa de Jovan Popovic, onde foi avistado pela última vez e terá saído a meio da noite.

Publicidade

O corpo estava já num avançado estado de decomposição, pelo que a confirmação oficial de que se tratava de facto do corpo de Diogo Moreira só foi dado pela família no Facebook, natural de Espinho.

Cabe agora à #Polícia Britânica de Transportes investigar o caso e tentar perceber o que terá acontecido naquela noite de 14 de Julho, na qual o jovem terá chegado de um festival com uma enorme indisposição e saído a meio da noite do apartamento do seu amigo sem qualquer tipo de investigação. Os contornos para além de trágicos são altamente misteriosos e a possibilidade da existência de um crime poderá estar perfeitamente em cima da mesa. #Emigração #Desaparecimento