A #Polícia Britânica acaba de lançar um alerta para encontrar o jovem português Diogo Moreira, de 29 anos, que vive na cidade de Brighton, na região sul de Inglaterra. O rapaz, natural de Espinho, foi visto pela última vez no dia 14 de julho, na passada terça feira, mas só dois dias depois foi comunicado o seu #Desaparecimento às autoridades. Sem outras pistas que conduzam ao paradeiro de Diogo, a polícia emitiu um alerta e espera recolher informações de eventuais testemunhas que o possam ter visto.

"Viu Diogo Manuel Martins Alves Moreira?". É com esta pergunta que a Polícia do condado de Sussex inicia o comunicado de alerta do desaparecimento do jovem português.

Publicidade
Publicidade

As autoridades indicam que o Diogo foi visto pela última vez às primeiras horas da passada terça feira quando deixou a casa de um amigo para se dirigir a uma estação de comboios. A partir daí, deixa de haver rasto do seu percurso. No comunicado, a polícia divulga uma fotografia do jovem português e descreve-o também como sendo de estatura média, cabelo escuro curto e como tendo sotaque português. Quanto à roupa que usava na hora do desaparecimento, as autoridades indicam apenas que vestia umas calças.

Diogo Moreira vive em Brighton, cidade inglesa onde estuda na Universidade local e trabalha. O sargento Alvin Lee, responsável pela investigação, não esconde a preocupação quanto ao que pode ter acontecido ao jovem. "Estamos cada vez mais preocupados com o Diogo, porque isto não tem nada a ver consigo. Ele deixou todos os seus pertences, incluindo a carteira com todo o seu conteúdo e não voltou a aparecer no trabalho na última semana", afirmou o sargento.

Publicidade

Sem outras informações, o sargento Alvin Lee faz um apelo desesperado: "Precisamos de encontrá-lo rapidamente. Se tem alguma ideia onde ele possa estar, por favor contacte-nos".

Nas fotografias divulgadas, Diogo Moreira aparece sempre muito sorridente e, em algumas, na companhia de amigos em momentos de descontracção. Dadas as escassas informações, a Polícia espera conseguir reunir pistas através do apelo agora divulgado.