Um menino de apenas 8 meses morreu este sábado, 12 de Dezembro, com a cabeça presa nas grandes da cama. A tragédia aconteceu na localidade de Outeiro do Bairrinho, no concelho de Santarém. Familiares e amigos estão em estado de choque e tiveram de receber acompanhamento psicológico de uma equipa especializada do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). O fatídico acidente aconteceu no momento em que o bebé estava na companhia da avó que o deixou sozinho por breves momentos. Os socorristas, dos #Bombeiros e do INEM, ainda fizeram manobras de reanimação durante cerca de uma hora, mas não conseguiram reverter o estado da vítima. O óbito acabaria por ser decretado no local.

A tragédia aconteceu poucos minutos após o meio-dia deste sábado, na pequena aldeia de Outeiro do Bairrinho, na freguesia de São Vicente do Paul. O pequeno bebé estava na sua cama de grades na companhia da avó, que, por breves instantes, o deixou sozinho. O tempo suficiente para que o menino tivesse conseguido passar a cabeça pelo espaço que separa as grades da cama, ficando com o pescoço preso.

Em poucos minutos os Bombeiros Voluntários de Pernes chegaram ao local, iniciando de imediato as acções de socorro. Para o local foi accionada igualmente uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) do Hospital Distrital de Santarém. Os meios de socorro realizaram manobras de reanimação que se prolongaram durante cerca de uma hora, mas sem sucesso. Os socorristas não conseguiram reverter o estado do menino, tendo o médico da VMER decretado o óbito no local.

Perante a morte da criança, os familiares e amigos do menino, que era filho único do casal, entraram em estado de choque, tendo sido necessário recorrer a uma equipa de psicólogos do Instituto Nacional de Emergência Médica, segundo informou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, da estrutura da Autoridade Nacional de Protecção Civil. A ocorrência foi registada pela Guarda Nacional Republicana (GNR).  #Família