Continuam a ser conhecidos todos os dias mais casos de maus tratos contra os animais. Desta vez um cão foi encontrado em Vila Real com ferimentos causados, presumivelmente, por uma arma de fogo. Para além desta atrocidade, os autores abandonaram ainda o animal em sofrimento. A Plataforma Proanimal divulgou assim um vídeo em que alerta para os maus tratos contra os #Animais.

Jim, nome atribuído pelos membros da Plataforma Proanimal, foi encontrado na tarde do passado domingo, 3 de Janeiro, numa localidade pertencente a Vila Real. Os ferimentos na zona do focinho eram notórios e, assim sendo, o animal foi transportado de imediato para o Hospital Veterinário de Trás-os-Montes. À chegada os veterinários consideraram um milagre que o animal tenha sobrevivido tanto tempo, uma vez que o buraco deveria ter “pelo menos uma semana”, conforme escreve o Jornal de Notícias. Para além disso, o cão apresentava ainda “várias cicatrizes antigas, encontrava-se muito desidratado, magro e com pneumonia”, refere ainda a mesma publicação.

Passada quase uma semana, o animal encontra-se ainda hospitalizado e sem se conhecer quem foi o autor ou autores deste terrível ato. Porém, conforme asseguram os veterinários daquela unidade, Jim está “estável, consegue andar e tem apetite”, adianta o site Notícias ao Minuto.

Tendo em conta esta atrocidade contra o animal, a Plataforma Proanimal decidiu fazer um vídeo, cujas imagens podem chocar, alertando assim contra os maus tratos, tentando conseguir reunir fundos para pagar os tratamentos destes animais e ainda tentando encontrar quem esteja disposto a adotá-los.

Apesar de já haver legislação aprovada contra quem cometer maus tratos para contra os animais, há ainda que conseguir descobrir quem o fez. Enquanto isso os animais continuam diariamente a ser mal tratados por humanos, acabando muitos deles com um final triste.

Quanto ao Jim, um membro da Plataforma Proanimal, António Brandão, assegurou que, apesar de estável, “não existem nenhumas garantias de que possa recuperar”, escreve o Jornal de Notícias, apesar de estarem a fazer todos os esforços para que possa vir a ter qualidade de vida. #Crime