Os últimos desenvolvimentos do caso Rodrigo Lapa levaram a que a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) retirasse a irmã do adolescente à família. Desde a descoberta do corpo de Rodrigo que a mãe, Célia Barreto, e a filha de seis meses têm permanecido na casa de uma amiga. Na manhã desta sexta-feira, 4 de Março, a mãe saiu com a bebé, sob escolta da GNR, e dirigiu-se à CPCJ. A avaliação deste caso levou à retirada da criança à família, tendo sido reencaminhada para um centro de acolhimento em Portimão.

Segundo Paulo Macedo, jurista da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção de Crianças e Jovens, o acolhimento será temporário, pois a CPCJ de Portimão apenas “aplicou uma medida cautelar de acolhimento residencial [da bebé], com o consentimento da mãe”. O facto de Célia ter dado o consentimento para a institucionalização da bebé fez com que o processo não avançasse para tribunal, situação que ocorreria caso a mãe da menor recusasse a medida da CPCJ. Também o meio-irmão, Rodrigo Lapa, encontrado morto na quarta-feira, estava sinalizado pela CPCJ desde 2011, altura em que vivia em casa do pai biológico.  

Segundo o jurista, a criança permanecerá na instituição de Portimão durante um período máximo de seis meses. A CPCJ irá avaliar o caso da mãe e a situação familiar da bebé para poder tomar uma decisão sobre o seu futuro. De recordar que Joaquim Pinto, pai da bebé e padrasto de Rodrigo, é o principal suspeito do homicídio do enteado e está no Brasil.  

O corpo do jovem algarvio já foi reclamado pelo pai ao Instituto de Medicina Legal. A autópsia foi concluída na quinta-feira, 3 de Março, e o corpo estará pronto para ser levantado durante o dia de hoje. Apesar de concluída a análise ao corpo de Rodrigo, os médicos legistas pediram exames complementares – toxicologicos, genéticos e histológicos – cujos resultados podem demorar entre 6 a 8 semanas. Só depois da chegada destes exames será possível elaborar o relatório final da autópsia e descobrir o que aconteceu a Rodrigo Lapa.   #Crime #Polícia