Um jovem de 26 anos e uma mulher de 58 morreram na tarde desta segunda-feira, 10 de Outubro, na sequência de uma colisão entre um automóvel ligeiro de passageiros e um veículo pesado de mercadorias. O #Acidente ocorreu no Itinerário Complementar nº 1 (IC1) no concelho de Grândola, distrito de Setúbal. No automóvel viajava ainda uma jovem de 20 anos que sofreu ferimentos ligeiros. O condutor do pesado saiu ileso.

O alerta chegou ao Comando Distrital das Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal pouco depois das 15 horas, dando conta de um choque entre os dois veículos ao quilómetro 597 do IC1, na zona de Canal Caveira, no concelho de Grândola.

Publicidade
Publicidade

Para o local foram enviados vários meios operacionais dos Bombeiros Voluntários de Grândola bem como a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), afecta ao Hospital do Litoral Alentejano.

Tratou-se de uma colisão entre um automóvel ligeiro de passageiros - onde viajavam um rapaz de 26 anos, uma rapariga de 20 e uma mulher de 58 – e um veículo pesado de transporte de mercadorias pesadas, tendo o seu condutor, único ocupante, saído ileso do acidente. A jovem de 20 anos sofreu ferimentos ligeiros e foi transportada para o Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém. Os corpos das vítimas mortais, cujos óbitos foram declarados no local, foram removidos para o Gabinete Médico-Legal e Forense. A ocorrência foi registada pela Guarda Nacional Republicana que está a investigar as causas e as circunstâncias em que ocorreu aquele trágico acidente. 

Bebé ferido em acidente

Quase à mesma hora, na região Norte do país, ocorreu um outro acidente que provocou ferimentos num bebé e em três pessoas adultas.

Publicidade

Tratou-se de uma colisão entre dois automóveis ligeiros de passageiros na variante Braga – Póvoa de Lanhoso, na Estrada Nacional nº 103 (EN103). O acidente aconteceu por cerca das 15:30 horas, tendo as vítimas sido transportadas para o Hospital de Braga em estado considerado grave, mas tudo indica, livres de perigo. As causas do acidente estão a ser investigadas pela Guarda Nacional Republicana que tomou conta da ocorrência.