A identidade do casal que terá ontem sido interceptado pelos dois suspeitos em fuga, em Aguiar da Beira, já é conhecida. Trata-se de Luís Pinto e Liliane e tinham 29 e 26 anos. Este casal ia a uma consulta de fertilidade. O homem terá morrido no local, enquanto a mulher sofreu um grave traumatismo cranioencefálico e, segundo notícias ainda não oficialmente confirmadas, estará em morte cerebral. Os suspeitos continuam em fuga.

O dia de ontem ficou marcado pela tragédia. Logo ao início da manhã de ontem, 11 de Outubro, soube-se que dois militares da GNR tinham sido surpreendidos por dois ou três assaltantes e que um dos guardas teria morrido, sendo que o outro se encontrava gravemente ferido depois de ter sido baleado.

Mais tarde, os agentes da autoridade encontraram outras duas vítimas civis, que terão sido interceptadas na EN229 pelos suspeitos em fuga. As duas vítimas, um casal, seriam Luís Pinto e Liliane, marido e mulher, de 29 e 26 anos, conforme avança o jornal Correio da Manhã na sua edição de hoje.

O homem foi declarado morto, enquanto que a mulher apresentava ferimentos graves. Transportada para o Hospital São Teotónio, em Viseu, várias foram as notícias que surgiram no dia de ontem de que a jovem já teria morrido; outras davam conta de que a mesma se encontrava em morte cerebral. Mais tarde, esta notícia acabou por ser desmentida por fonte do hospital.

Já hoje de manhã, 12 de Outubro, alguns meios de comunicação avançaram novamente com a informação, ainda por confirmar, de que Liliane já teria morrido.

Segundo as autoridades, um dos suspeitos será um homem de 44 anos, que para além de conhecer bem a zona poderá ainda ter pessoas a ajudá-lo a esconder-se.

De acordo com a informação disponível na página da TVI24, o aconselhamento que as autoridades deram ontem aos habitantes de Candal, Póvoa das Leiras e Coelheira para permanecerem em casa já foi levantado, sendo que as pessoas que residem naquela área já podem regressar às suas actividades normais.

Porém, o ou os suspeitos continuam em fuga. #Crime #Polícia