Na passada segunda-feira (26 de Dezembro), pelas 07:00 horas da manhã, em sequência de uma investigação que já decorria há dois anos, uma operação policial de nome “Punho Cerrado” teve o seu início. A mesma foi elaborada exclusivamente a pensar no combate ao #Crime de associação criminosa, crimes económico-financeiros e exercício ilegal da actividade de segurança privada, entre outros. Segundo a edição do Correio da Manhã desse mesmo dia, a operação "Punho Cerrado" decorreu especificamente nos distritos de Leiria, Lisboa, Coimbra e Santarém. Foram apreendidos mais de 20 mil euros e vários objectos, entre os quais armas de fogo e munições, soqueiras, bastões extensíveis, drogas (haxixe), automóveis, computadores e ainda diversa documentação.

Publicidade
Publicidade

Foram cumpridos dez mandados de detenção e realizadas 50 buscas domiciliárias. Cerca de 20 dessas buscas foram em empresas, em estabelecimentos de restauração e diversão nocturna, resultando na detenção de 17 pessoas, duas mulheres e quinze homens. Seis dessas pessoas foram detidas por posse de munições e armas brancas e de fogo ilegais, e uma delas por posse de drogas. Todos tinham idades compreendidas entre os 20 e os 64 anos.

A referida operação policial, contou com o apoio dos Comandos da PSP de Coimbra, Santarém, Lisboa, Aveiro, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Portalegre e Setúbal. Contaram ainda com a sempre preciosa colaboração de cerca de 260 elementos policiais, sendo a maioria deles da estrutura de investigação criminal da PSP e da Unidade Especial de Policia (UEP), mais especificamente de três das suas subunidades: Grupo de Operações Especiais (GOE), Corpo de Intervenção (CI) e Grupo Operacional Cinotécnico (GOC) Também o Departamento de Segurança Privada e ainda alguns elementos da Secção Digital Forense estiveram presentes e deram o seu auxílio.

Publicidade

Esta quarta-feira (28 de Dezembro), todos os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de Leiria para serem sujeitos ao primeiro interrogatório e para conhecerem as medidas de coacção aplicadas. Dez dos detidos chegaram ao início da tarde ao Tribunal de Leiria, debaixo de fortes medidas de segurança, após terem passado a noite em diferentes esquadras do Comando da PSP de Leiria.

As medidas de coação serão apenas conhecidas entre o final do dia desta quinta-feira (29 de Dezembro) e sexta-feira (30 de Dezembro). #Operaçao policial #PSP e UEP