O bebé de 18 meses terá caído de uma janela com uma altura equivalente a nove metros. Segundo fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS), em declarações à Lusa, a criança encontra-se em estado muito grave. Ao início da noite alguns órgãos de comunicação social noticiaram a morte da criança, o que de facto não se verificou. O incidente ocorreu no centro da cidade de #Mirandela, distrito de Bragança.

O alerta foi dado às 16 horas desta quinta-feira, 30 de março, quando o bebé se encontrava em casa com a mãe. Ao local acorreram os Bombeiros de Mirandela, duas viaturas de Suporte Imediato de Vida (SIV) e ainda uma equipa da PSP, tendo a vítima sido assistida no local do #Acidente.

Publicidade
Publicidade

Inicialmente, o bebé foi encaminhado para o Hospital de Bragança, e posteriormente foi transferido para o Hospital de São João, no Porto.

30% de mortes devido a quedas de edifícios ou estruturas

Este caso não é isolado e ainda recentemente, na Póvoa de Santa Iria, um menino de dois anos não resistiu aos ferimentos após a queda do sexto andar, acabando por falecer, A criança estaria na companhia do irmão de cinco anos quando se deu o acidente. Casos semelhantes têm acontecido em vários pontos do país, questão que preocupa as autoridades.

Segundo um estudo recente da Associação para a Promoção da Segurança Infantil (APSI), "as varandas e as janelas são o produto que aparece mais vezes associado às quedas acidentais". O estudo levado a cabo pela associação revela ainda que de 2000 a 2013 foram detetados 168 casos, o que "permite identificar as varandas e as janelas como os produtos mais vezes associados às quedas (40%)".

Publicidade

No ano passado, após a queda de uma criança do 21.º andar de um prédio, no Parque das Nações, em Lisboa, a APSI revelou em declarações à Lusa que "30% das crianças e jovens que morreram caíram de edifícios ou de outras estruturas", defendendo a adoção de métodos eficientes que tornem os edifícios "mais adaptados às características e necessidades das crianças", podendo contribuir para a diminuição de acidentes deste tipo. #bebê