Um homem italiano, adepto do Sporting Clube de Portugal, morreu na madrugada deste sábado, ao ser atropelado nas proximidades do estádio do Sport Lisboa e Benfica (Estádio da Luz). O trágico #Acidente ocorreu pelas 2h40 depois de um alerta dado para a Polícia de Segurança Pública dando conta da existência de confrontos entre claques rivais, ligadas aos dois clubes lisboetas. Marco Ficini, de 41 anos, terá sido atropelado por um automóvel que se colocou em fuga, e cujo condutor viria a ser identificado mais tarde.

Segundo o Expresso Online, o automobilista, suspeito de ter atropelado mortalmente, o homem, de 41 anos, que estaria em Lisboa para assistir ao dérbi lisboeta, poderá ser um elemento pertencente à claque do Sport Lisboa e Benfica.

Publicidade
Publicidade

A Polícia Judiciária, para além de ter recolhido diversos elementos de prova, ouviu várias testemunhas do trágico acidente, e por cerca das 17 horas informou que já tinha identificado o alegado autor do atropelamento, sem, contudo, ter avançado com mais pormenores.

Tudo terá acontecido quando, poucos minutos depois das 2h30, a Polícia de Segurança Pública foi chamada às proximidades do Estádio da Luz alertada para confrontos entre adeptos do Benfica e do Sporting, que irão na noite deste sábado defrontar-se num jogo que pode ser determinante para a conquista do campeão nacional. Ao chegar ao local, os agentes policiais encontraram o corpo de Marco Ficini, bem como vestígios, e testemunhos, que indiciavam para que o homem tenha sido abalroado por um automóvel que se colocou em fuga. Apesar do socorro prestado pelos serviços de emergência, o homem acabaria por não resistir aos ferimentos, tendo o óbito sido declarado no local.

Publicidade

Apesar de a PSP ter adiantado possuir versões contraditórias sobre as preferências clubísticas da vítima, o Sporting Clube de Portugal emitiu um comunicado no qual “manifesta o mais profundo lamento e repúdio” pelos incidentes que levaram à morte de “um adepto do nosso clube”. Também o Sport Lisboa e Benfica, igualmente através de um comunicado, o Sport Lisboa e Benfica lamentou de “forma veemente” pela morte do italiano, adiantando ter disponibilizado as imagens de videovigilância do local às autoridades policiais, no sentido de colaborar para o apuramento das circunstâncias em que ocorreu aquele trágico acidente.

Apoiante do Fiorentina

Marco Ficini nasceu em Roma há 41 anos e trabalhava no ramo da restauração. De acordo com o sítio na internet Fiorentina News, o homem integrava o Viola Club 7 Bello 1965, um grupo de apoiantes do clube italiano. Marco teria, juntamente com outros três adeptos, viajado para Lisboa para apoiar o Sporting, clube geminado com o Fiorentina. Aqueles amigos terão vindo munidos de algum material do Fiorentina, como cachecóis, camisolas e galhardetes, para trocar com os membros da claque sportinguista. #Futebol #Crime