Já foi publicado na 2.ª Série do Diário da República que a Presidência do Conselho de Ministros de 28 de Abril de 2017, por Despacho n.º 3772/2017 a 3 de Maio de 2017, torna oficial o estabelecimento da tolerância de ponto para o próximo dia 12 de Maio, Sexta-feira, devido à visita de Sua Santidade, o Papa Francisco [VIDEO], a Portugal nos dias 12 e 13 de Maio.

O Primeiro-ministro, António Costa, fundamentou a concessão da tolerância de ponto pelo facto de já existir uma tradição nacional em instituí-la oficialmente aquando das visitas a Portugal de Suas Santidades, os Papas: o mesmo sucedeu nas visitas de João Paulo II e Bento XVI.

Publicidade
Publicidade

Também salientou o interesse nacional, dado que a maioria dos portugueses gosta de estar presente ou de assistir às celebrações do centenário das aparições de Fátima.

E ainda salientou em Despacho Ministerial a necessidade de adoptar medidas de segurança extraordinárias e excepcionais à celebração dos eventos religiosos, a existência do aumento anormal de mobilidade dos portugueses e no tráfego rodoviário em todo o território, provocado pelo aumento de circulação nas vias rodoviárias de acesso a Fátima.

Exceptuam-se apenas os serviços mínimos de organismos estatais que, por razões de interesse público, devam manter-se em funcionamento naquele período a definir pelo responsável do Ministério competente.

Portugal é um País onde a grande maioria da população segue a #Religião católica. É habitual os portugueses deslocarem-se a Fátima para acompanhar todos os eventos religiosos, para além de durante estes dias ainda decorrerem outras iniciativas religiosas e encontros com o Papa.

Publicidade

O #Papa Francisco aterrará pelas 16 horas em Monte Real, onde será recebido pelas entidades estatais. Depois seguirá de imediato para o Santuário de Fátima, onde terá o seu primeiro contacto com os portugueses junto da Capelinha das Aparições.

O Papa recolhe depois à Casa Nossa Senhora do Carmo, onde pernoitará e onde privativamente fará as suas refeições.

Na noite de 12 de Maio o Papa Francisco presidirá ao terço e à procissão das velas.

No dia 13 de Maio presidirá à missa solene, que é a razão principal da sua visita, intervindo nas celebrações do centenário das aparições de Nossa Senhora aos três pastorinhos. #Governo