Apesar disto, o debate político não irá acabar na estação pública, bem pelo contrário. Em equação está, de acordo com declarações de Paulo Dentinho a vários órgãos de comunicação social, o regresso de um espaço de debate próprio para a política na RTP 1, onde se fará o convite directo aos mais diferentes representantes dos partidos, quer tenham ou não assento na Assembleia da República.

Dentinho justifica esta decisão ao afirmar que estes espaços estão ultrapassados e funcionam como fornecedores de tempo de antena, onde cada político se promove a troco de nada. "Espaços singulares servem como tempo de antena para o interveniente.

Publicidade
Publicidade

Trata-se de uma realidade que já não existe em diversos países europeus, como é o caso de França ou Inglaterra, pro exemplo. Porém esta medida, não significa o fim do debate político no canal público", disse.

Desta forma, a presença de políticos na RTP vai fazer-se a partir de agora através de entrevistas, ou então através de convites para que estes participem em debates, como é o caso do 'Prós e Contras', às segundas-feiras à noite na RTP 1, moderado pela jornalista Fátima Campos Ferreira.

Actualmente, a RTP tinha o ex-ministro do PSD, Nuno Morais Sarmento, que comentava todas as quintas-feiras à noite, no canal 1 da #Televisão estatal, desde Abril de 2013. Um formato que irá acabar brevemente. Em termos audiométricos, 'A Opinião de Nuno Morais Sarmento' alcançava, em média, uma audiência a ultrapassar os 750 mil telespectadores, tendo em Março último atingido o recorde de quase 900 mil pessoas a assistir aos seus comentários em directo.

Publicidade

Recordar que, pela mesma altura, os domingos eram ocupados pela opinião dada pelo antigo primeiro-ministro de Portugal, José Sócrates, entretanto detido por alegados actos elícitos. Daí ter acabado, de forma abrupta, em meados de Novembro de 2014 o seu programa de comentários nos serões domingueiros da RTP 1.

Por sua vez, a SIC e a TVI vão continuar a ter os seus comentadores políticos em antena. O professor Marcelo Rebelo de Sousa, antigo líder do PSD e possível candidato a Presidente da República, continua na estação de Queluz de Baixo a fazer os seus comentários e a dar a conhecer as suas escolhas culturais ao domingo à noite. Por sua vez, a SIC manterá, também o antigo líder dos sociais-democratas, Marques Mendes, aos sábados à noite.