As Presidenciais 2016 ainda estão longe, mas já estalou a polémica entre dois candidatos, com Manuel Almeida, conhecido na política como Ninja de Gaia, a acusar o candidato do Partido Esperança Popular, Orlando Cruz, de andar a criar contas falsas no facebook com o intuito de denegrir o candidato natural de Gaia.

Manuel Almeida diz que o adversário na corrida a Belém utiliza contas falsas para o "denegrir e desmoralizar", comentando as suas publicações em tom jocoso. "Esse senhor é um aldrabão", disse hoje Manuel Almeida, em nota à imprensa. "Ele falou comigo em 2013 para alinhar com ele na candidatura à câmara do Porto, onde eu era o número dois, mas acabou por desistir da candidatura, e nunca cumpriu o que me prometeu".

Publicidade
Publicidade

Manuel Almeida acusa Orlando Cruz de lhe ter prometido um "espaço" na televisão, onde poderia actuar como cantor, sendo que, segundo o próprio, é o "único intérprete vocal de toda a discografia da banda Modern Talking, em Portugal". Recorde-se que em 2013 Orlando Cruz candidatou-se à Câmara de Matosinhos, enquanto Manuel Almeida foi candidato à Câmara de Gaia, ambos em representação do Partido Trabalhista Português (PTP).

Manuel Almeida critica ainda a postura populista de Orlando Cruz, dizendo que "dormir com os sem-abrigo é só para o povo ter pena, mas toda a gente sabe que esse senhor é um aldrabão e nunca ajudou ninguém". Manuel Almeida fez ainda referência à roupa utilizada pelo candidato adversário, acusando-o de "não se saber vestir formalmente para ser Presidente da República".

Publicidade

O candidato natural de Gaia refere ainda que tem "feito muito pelo povo, de forma desinteressada, ao contrário desse senhor Orlando Cruz", acrescentando ainda que os golpes baixos começaram quando Orlando Cruz contratou o antigo assessor de imagem de Manuel Almeida, que é agora número dois do recém-criado PEP. Recorde-se que o candidato Orlando Cruz encontra-se neste momento a conviver com os sem-abrigo da zona da Boavista, após ter recolhido assinaturas naquela mesma zona. #Eleições