Foi num jantar em Coimbra, esta sexta-feira, dia 10, que Marisa Matias teceu críticas ao discurso de Maria Luís Albuquerque na Assembleia da República, quando a responsável pela pasta das Finanças se pronunciou sobre a dívida. No entender da eurodeputada do Bloco de Esquerda (BE), a ministra das Finanças "mentiu", com o intuito de assegurar os seus interesses para futuro. A intervenção de Marisa Matias foi escutada por cerca de uma centena de militantes e simpatizantes do BE, num evento também alusivo à celebração dos 16 anos da fundação da distrital de Coimbra. Catarina Martins, porta-voz do partido, também marcou presença no jantar.

"Não é por acaso que continuamos a ouvir Maria Luís Albuquerque a mentir, como mentiu na Assembleia da República, quando afirmou que não existia dívida nova.

Publicidade
Publicidade

Há dívida nova, não se resume apenas a dívida que não estava revelada", começou por salientar Marisa Matias. A eurodeputada do BE foi mais longe, ao referir que o sistema vigente serve para garantir os "interesses de alguns". "Não é por acaso que a ministra das Finanças continua a insultar-nos dia após dia, a lembrar os momentos negros da história de Portugal. Sim, os cofres estavam cheios e as pessoas viviam na miséria, não é por acaso que isto continua a acontecer", atirou a dirigente do BE, que não tem dúvidas: "É porque não se pode colocar em causa um sistema que se tem que reproduzir, em nome do garante dos interesses de alguns".

Nas palavras de Marisa Matias, Maria Luís Albuquerque está ao serviço do capital, na medida em que "as pessoas que constituem o Governo têm de pensar também no seu futuro", pelo que, acusa a eurodeputada que "se forem olhar para o interesse colectivo", é provável que coloquem "em causa o seu futuro".

Publicidade

Marisa Matias relembrou ainda onde se encontram, actualmente, alguns dos políticos que já fizeram parte de governos anteriores. "Estão exactamente nas sedes dos capitais financeiros, que agora defendem", disse.

A poucos meses das eleições legislativas, Marisa Matias alertou ainda que os bloquistas têm a "obrigação" de não se deixarem levar por "ilusões". "Assegurar que ninguém cai nessas mentiras, nessas ilusões frequentemente contadas com cara de anjo de Maria Luís Albuquerque". A eurodeputada do BE apontou o caminho. "É nossa obrigação dizer verdadeiramente onde se encontra o problema e apresentar medidas para a resolução do mesmo".