Ricardo Júlio Pinho, secretário-geral adjunto da comissão política nacional da Juventude Social-Democrata (JSD), morreu ontem, dia 19 de setembro, vítima de doença prolongada. A notícia foi confirmada pelo presidente do PSD de Oeiras, Ângelo Pereira, ao portal de notícias LUSA. A morte prematura, aos 29 anos, apanhou amigos e familiares de surpresa. O corpo está em câmara ardente na Igreja Nova Oeiras desde o final da tarde de sábado.

Devido ao seu falecimento, as acções de pré-campanha da coligação Portugal à Frente (PSD/CDS-PP) foram suspensas no distrito de Lisboa, segundo fonte do PSD. O presidente da concelhia do PSD de Lisboa, Mauro Xavier, informou à Lusa que, a partir das 17h00 de ontem e até ao final da manhã de domingo, “todas as acções de campanha estão suspensas em todas as estruturas concelhias” do distrito.

Publicidade
Publicidade

Na sua página pessoal do Facebook, são muitas as pessoas que lamentam a morte do antigo Social Democrata, que lutava contra um #Cancro há aproximadamente dois anos. Palavras como "força" e "coragem" são as que mais se notam ao longo da sua página. Nesta semana, Ricardo, visivelmente em estado debilitado, publicou algumas imagens ao lado de amigos e familiares, no hospital onde se encontrava.  

Ricardo Júlio Pinho foi vereador na Câmara Municipal de Oeiras entre 2009 e 2013. Actualmente ocupava o cargo de secretário-geral adjunto da comissão política nacional da Juventude Social-Democrata (JSD). A sua morte precoce apanhou os seus colegas do PSD de surpresa. Apesar de um diagnóstico pouco animador, nunca perdeu as esperanças na luta contra uma doença que mata milhares de pessoas, em Portugal e também no mundo.

Publicidade

Tal como muitas pessoas que recebem o diagnóstico desta doença, Ricardo tentava prosseguir normalmente com a sua rotina. Sempre bem-disposto, segundo amigos e familiares, nunca deixou que a sua vida fosse pautada por ela. Lutou até quando conseguiu. Ontem fez-se silêncio. A sua morte precoce foi anunciada pelos meios de comunicação social.

O funeral realizou-se esta manhã de domingo, às 10h00, de acordo com informações do presidente do PSD de Oeiras à LUSA.