#Marcelo Rebelo de Sousa anunciou, hoje, dia 9, em Celorico de Basto, a sua candidatura independente à Presidência da República. O ex-líder do PSD justificou que a corrida a Belém é pelos portugueses. O comentador político, que começou por apresentar o seu percurso, defende a convergência entre os partidos para um governo duradouro e estável. O anúncio foi feito esta tarde na Biblioteca Municipal Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa de Celorico de Basto, distrito de Braga, sua terra natal.

Publicidade

Em entrevista à TVI, após os resultados das legislativas, o comentador político tinha afirmado que a decisão acerca das presidenciais já estava tomada sem avançar qual a sua posição..

Publicidade

O ex-presidente do PSD terá pela frente nomes próximos do PS, como Maria de Belém, que anunciará a sua candidatura na próxima semana, dia 13, e Sampaio da Nóvoa que garantiu, ontem, a sua permanência à corrida a Belém. Edgar Silva, deputado da assembleia da Madeira, é candidato pelo PCP.

No dia das eleições legislativas, 4 de outubro, em que a coligação PSD e CDS foi eleita para governar sem maioria absoluta, a intercampus avançou com uma sondagem que dava vitória alargada, à primeira volta, do Professor Marcelo Rebelo de Sousa com 43,9% dos votos. É o preferido tanto dos homens e como das mulheres com idades entre os 18 e 34 anos.

O agora candidato às presidenciais de 2016 vai deixar de fazer os habituais comentários sobre a atual situação política do país.

Publicidade

No próximo domingo, o professor Marcelo Rebelo de Sousa irá à TVI despedir-se dos telespetadores que contará com a presença de apresentadores da estação com quem trabalhou.

Marcelo Nuno Duarte Rebelo de Sousa ajudou a fundar o PSD, partido do qual é militante desde 1974. Em 1996, chegou à liderança do Partido Social Democrata até 1999. Fez também parte da Assembleia Constituinte.

Professor catedrático da Universidade de Lisboa há mais de 42 anos, Marcelo R. Sousa nasceu na capital a 12 de dezembro, tem dois filhos e cinco netos. O agora ex-comentador da TVI foi ainda considerado um dos melhores alunos do curso de Direito da Faculdade de Lisboa com 19 valores. #Eleições Presidenciais