O Grande Porto vai ter uma sala de #Cinema IMAX a partir do mês de abril. O anúncio foi feito pela NOS Lusomundo e o local escolhido foi o centro comercial Mar Shopping, em Matosinhos. A data concreta de inauguração ainda não foi revelada. Esta vai passar a ser a segunda sala do género no país; a primeira foi inaugurada em Lisboa, em junho de 2013.

Segundo a NOS, os espectadores nortenhos vão ter acesso à nova experiência que se tem destacado no panorama cinematográfico nacional e mundial. Luís Mota, administrador da NOS Lusomundo Cinemas, revela em comunicado que "estamos muito entusiasmados com o lançamento do IMAX em Matosinhos, que irá alargar ao norte do país a possibilidade de os apreciadores de cinema experienciarem o que de melhor se faz no panorama cinematográfico mundial, não só ao nível de conteúdos exclusivos, como de tecnologia state-of-art. É a diferença entre ver um filme ou fazer parte dele".

Os cinemas IMAX possuem características únicas, onde o principal objetivo é que o espectador sinta que faz parte do filme, proporcionando um conjunto de experiências e sensações inéditas no espectador. As informações disponíveis no site oficial da NOS descrevem que o "ecrã da sala IMAX é ligeiramente curvo, de parede a parede e do chão ao teto da sala. É maior do que o campo de visão do espetador, dando por isso uma sensação de imersão total no filme". Aliado à grande qualidade da imagem, existe o som, que é também mais preciso, realista e dinâmico.

O preço praticado na sala de Lisboa é de 10€. Até ao momento não foi revelado o preçário que irá ser praticado em Matosinhos, servindo por isso a sala IMAX do Colombo como referência. O sistema IMAX está espalhado por todo o mundo, com 880 salas presentes em 60 países. Em Lisboa, desde a sua inauguração em junho de 2013, já passaram pelo Colombo IMAX cerca de 150 mil espectadores. A primeira sala IMAX do mundo foi inaugurada em Osaka, no Japão, na Expo 70. Depois dessa data a tecnologia foi aperfeiçoada e o primeiro filme exibido com o sistema mais atual foi o Apollo 13.